fbpx

Aplicativo Móvel – O que é?

O número de downloads de aplicativos móveis está em constante crescimento. E isso se deve à alta venda de smartphones, que totalizaram 328,8 milhões de unidades no segundo trimestre de 2021. Conheça mais sobre o universo do Aplicativo Móvel.

Afinal, o que é um Aplicativo Móvel?

Um aplicativo móvel é um software desenvolvido para para dispositivos móveis, como celulares e tablets e podem ser gratuitos ou pagos.

Conhecido também como “app”, os aplicativos móveis são utilizados para funções específicas em dispositivos móveis. Estão disponíveis para download nas plataformas de distribuição de aplicações, como por exemplo a AppStore e PlayStore

Para que serve um Aplicativo Móvel?

Um app pode ter diversas finalidades. Pode ser para gerir o próprio negócio, para diversão, pedir um delivery, para deslocamento, e por aí vai. Independente do segmento do aplicativo, sua função principal é mantê-lo sempre ao alcance das mãos do usuário, para um acesso rápido e contínuo – enquanto o aplicativo estiver instalado no dispositivo móvel. 

Em resumo, os apps vieram para facilitar a vida de seu usuário e entregar a melhor experiência para eles, servindo como um degrau para o crescimento dos negócios. 

Como funciona o Aplicativo Móvel?

Os aplicativos surgiram a partir da necessidade de adaptação das aplicações Web para as aplicações Mobile. Em geral, eles funcionam da seguinte forma:

  • São programados para um SO (sistema operacional) específico.
    Ex.: IOS ou Android.
  • São disponibilizados para download em Plataformas de distribuição de Aplicativos.
    Ex.: App Store e Play Store
  • Após serem baixados e instalados, eles ficam salvos na memória e na área de trabalho do dispositivo.
  • Para acessá-los, basta clicar no ícone do app. 

Qual a diferença entre app e web app?

Apesar de terem os nomes parecidos, app e web app são coisas distintas. O web app, não precisa de ser instalado no dispositivo para ser utilizado. Apesar da semelhança estética, o web app é acessado diretamente pelo navegador da Internet de um dispositivo móvel e oferece menos recursos do que o aplicativo móvel.

Tipos de Aplicativos Móveis

No universo dos aplicativos móveis, existem algumas diferenciações importantes, sendo as mais comuns:

Aplicativos públicos e Aplicativos Privados

Resolvem problemas rapidamente, por isso, seu tempo de utilização é r Aplicativos públicos são aqueles que estão liberados para download nas lojas de aplicativos. Já os aplicativos privados, são aqueles que foram desenvolvidos especificamente para empresas, sendo assim, não ficam disponíveis nas lojas de apps convencionais. Também são conhecidos como “Aplicativos Corporativos”.

Aplicativos Nativos e Aplicativos Híbridos

São chamados de Aplicativos nativos, aqueles que são desenvolvidos especificamente para uma plataforma SO móvel que suporta como Swift e Objective-C no caso do IOS e JAVA no caso do Android. O aplicativo é desenvolvido pelas diretrizes da plataforma para o desenvolvimento do aplicativo e usa as APIs que o SO oferece.

Categorias de aplicativos

São inúmeras as possibilidades e funcionalidades que um aplicativo pode oferecer e eles podem ser caracterizados da seguinte maneira:

Utilitários

Resolvem problemas rapidamente, por isso, seu tempo de utilização é relativamente menor.

Ex.: Calculadora, calendário, agenda, etc. 

Serviços

Prestam algum tipo de serviço para usuário.

Ex.: Mobilidade Urbana (Uber), delivery (Ifood), fretes, etc. 

Produtividade e Finanças

Ajudam o usuário a organizar as tarefas do dia a dia e a terem um melhor controle financeiro.

Ex.: Notion, Trello, Organizze, etc.

Entretenimento

As famosas redes sociais encaixam nessa categoria. As plataformas de Streaming também fazem parte desta categoria. 

Ex.: Instagram, Twitter, Netflix, Spotify, etc. 

Compras

Aplicativos voltados para a venda de produtos ou serviços.

Ex.: Marketplaces (Amazon) e lojas de vendas online (Zattini)

Estilo de vida

Nos proporcionam novas experiências e possibilidades.

Ex.: Aplicativo de Relacionamento (Tinder) e Aplicativo de Apostas.

Educativo

São voltados para estudos online. Hoje em dia são diversas as formas de se aprender virtualmente. Seja através de especializações ou até mesmo Graduação a distância (EAD)

Ex.: Alura, Udemy, Domestika, etc.

Jogos

Como o próprio nome já diz, são jogos adaptados para o mobile.

Ex.: League of Legends – Wild Rift, Pokemon Go, Among Us, etc. 

Como criar um Aplicativo Móvel?

Criar um app não é uma tarefa fácil. É preciso validar a ideia, fazer pesquisas de mercado, passar pelo processo de especificação de requisitos, criação de wireframes, design de interface, fluxos de navegação, desenvolvimento do software com a linguagem de programação mais adequada, testes de usabilidade, etc. São inúmeras etapas que devem ser seguidas para que se crie um bom projeto. Logo abaixo, listamos algumas etapas essenciais para um bom desenvolvimento de um app:

Planejamento

Não basta somente ter uma ideia inovadora, é preciso planejamento, pesquisas de público alvo, benchmarking e saber qual segmento de mercado seu projeto vai atuar. Todas estas informações são cruciais para que toda a equipe envolvida aplique as melhores práticas e estratégias no desenvolvimento do aplicativo.

Escopo

Aqui, são definidas todas as funcionalidades que o App terá. Também é desenvolvido a Especificação de Requisitos, uma documentação onde define todos os objetivos e funções que o software precisa ter, bem como as que ele não pode ter (restrições).

Esboço

Esboço: Etapa onde é criada a interface do aplicativo. Primeiramente são criados os wireframes, um protótipo onde será definido a disposição de cada elemento do aplicativo. Os Wireframes não possuem cores e nem imagens. Em seguida, são criados os Protótipos de Alta Fidelidade. Nesta etapa são definidas as cores principais do app, tipografia, iconografia, etc.

Tecnologia

Depois de todo o processo de pesquisa, estruturação e design, o projeto parte para a etapa de desenvolvimento. Aqui será definida a melhor linguagem de programação para o projeto e é onde os programadores atuam. 

Fase de Testes

Realizada toda a programação, chegou o momento de testar o App. Nessa fase é avaliado o desempenho, velocidade e efetividade do software. Além de analisar e antecipar possíveis falhas.

Lançamento

Chegada a hora de lançar o aplicativo na loja do sistema operacional, é preciso pensar em estratégias de marketing para vender seu produto. Alguns pontos importantes são a escolha de uma boa Identidade Visual, descrever de forma clara qual é a função do seu app e colocar boas imagens das telas do seu aplicativo. É essencial se atentar aos feedbacks, positivos e negativos, dos seus usuários, e procurar responder todos eles. 

Monetização e Tipos de Monetização

Monetização é como seu aplicativo ganhará dinheiro, ou seja, mesmo se o app for grátis para download, é possível ter lucros. Veja alguns exemplos:

Pagos

Aplicativos pagos custam um valor nas lojas de aplicativos, sendo assim, uma parte do valor das vendas são repassados para os desenvolvedores.

Pagos com compras:

Semelhante ao Aplicativo Pago, com a diferença de que alguns conteúdos devem ser desbloqueados através da compra dentro do app. 

Pagos com compras (código promocional)

Muitos apps oferecem códigos promocionais, fazendo com o que o cliente adquira um produto ou serviço com desconto, de modo a fidelizar o cliente. Parte do valor pago com o cupom de desconto é destinado a empresa principal e a outra parte é destinada a empresa de cupons.

Gratuito com anúncios

É o modelo mais utilizado. O app é publicado na loja, atrai a audiência e o público alvo é formado. A partir disso, os desenvolvedores adicionam os anúncios, podendo ser vídeos ou banners. Alguns jogos oferecem como recompensa prêmios e vantagens se o anúncio for assistido até o fim.

Gratuito com assinatura

Neste caso, baixar o app é grátis, porém, é limitado. É necessário uma assinatura, semanal, mensal ou anual, para que se possa usufruir de todos os benefícios. 

Venda de serviços

Muitos dos aplicativos são gratuitos, entretanto, é cobrado uma taxa em cima dos serviços oferecidos pelo seu uso. As empresas mais conhecidas que usam esse modelo são Uber e Ifood.

Modelos de compra dentro dos aplicativos

  • Consumível: Necessário comprar os itens que se tem interesse sempre que se precisar utilizá-los. Um grande exemplo são as vidas extras que se podem adquirir em alguns jogos.
  • Não consumível: Adquirindo esse item, se tem a liberdade de transferi-los para outros dispositivos. Um bom exemplo são os upgrades para a versão pro e remoção de anúncios.
  • Assinaturas limitadas: São utilizados por tempo determinado, de acordo com cada aplicativo e pode ser renovado ou não no final da vigência.
  • Assinaturas com renovação automática:  Esse tipo de serviço ou conteúdo são adquiridos por determinado tempo e renovado automaticamente ao seu término. Um grande exemplo é a Netflix.

Por que investir num Aplicativo Móvel para celular?

Além dos apps serem de fácil acesso, um estudo da App Annie, empresa que acompanha os aplicativos, conta que os usuários passam cerca de 3,7 horas em seus celulares por dia. Ter um app próprio hoje em dia é uma grande oportunidade de captar a atenção dos clientes. O recurso de notificações push consegue atrair a atenção do cliente e o acompanha onde ele estiver. 

Contratar uma empresa de desenvolvimento de Aplicativo Móvel

As soluções tecnológicas fazem cada vez mais parte do dia a dia da empresa, modernizam os negócios e ajudam a empresa a crescer. Embora isso seja uma realidade e possa estar longe dos negócios, a terceirização de software está se tornando cada vez mais comum.

As empresas de software têm se concentrado no mercado de tecnologia e em suas tendências. Por fim, eles dominam o desenvolvimento de software e métodos de gerenciamento, como estruturas e várias ferramentas de desenvolvimento de aplicativos.

Por isso, é importante permitir que os profissionais entendam suas necessidades e a tecnologia necessária, podendo ajudá-lo a direcionar corretamente seu investimento e prestar o melhor serviço a você e sua empresa.

Desenvolva seu aplicativo com a Codificar

A Codificar é uma empresa que está no mercado de desenvolvimento há mais de 12 anos. Com expertise no desenvolvimento de aplicativos, possui em seu portfólio mais de 10 plataformas white label.

Uma desenvolvedora de softwares composta por um time especialista em modelar e produzir aplicativos, desde a maturação de uma ideia, até sua implementação no mercado, gerando resultados significativos para seus clientes.

Entre em contato com a nossa equipe pelo formulário ao lado, com certeza teremos algo especial para o seu projeto!