O que é streaming

O Que é Streaming e como criar o seu

Filmes, séries, músicas e até jogos. Essa tecnologia, que há alguns anos parecia longe dos usuários finais, ganhou o gosto do público. Hoje há poucos que ainda não ouviram a tecnologia de entrega online.

Ainda há necessidade de carregar para a entrega, no entanto, exceto o download, a transferência compartilha o arquivo em várias frações. Assim que chegarem ao dispositivo, eles são imediatamente apresentados. No entanto, essa parcela é eliminada automaticamente quando o streaming terminar. Enquanto o download permanece no dispositivo até ser removido manualmente.

O que é streaming?

O streaming é uma forma de transmissão de conteúdo digital instantaneamente, onde a informação não é armazenada pelo usuário em seu computador, dispositivo móvel (telefones celulares e tablets) ou televisão inteligente.

Streaming é o nome dado à tecnologia capaz de transmitir dados pela Internet sem a necessidade de reduzir o conteúdo em um dispositivo. Os arquivos transmitidos mais freqüentemente envolvem uma imagem e áudio, com vídeos curtos, longos e musicais. No entanto, as opções são grandes e podem incluir textos e posições deslizantes.

A transmissão já faz parte da sua vida através de vídeos, filmes, podcasts, playlists, rótulos de vídeo, jogos ao vivo e uma série de outras plataformas de consumo de conteúdo. Então, entre os milhares de opções de transmissão, examine-os:

Atualmente, a transmissão pode ser verificada em redes sociais, plataformas de assinatura, sites gratuitos, aplicativos e muitos outros locais na Internet. Além disso, as transmissões continuam a evoluir e já indicaram que o futuro do setor será.

Principais aplicativos de streaming

O que é streaming

Como já falamos anteriormente, existem dezenas de aplicativos de streaming disponíveis no mercado. Abaixo, vamos falar de alguns dos principais:

Netflix

A Netflix é a plataforma de streaming mais conhecida no mercado global. Fundada em 1997, ela tinha como maior intuito disponibilizar filmes. Com muitas mudanças, acontecendo principalmente na última década, ela evoluiu de forma incrível. Hoje em dia, a Netflix é uma das principais distribuidoras de conteúdo por meio do streaming.

Com licença de distribuição global, e uma grande biblioteca de conteúdos originais, a empresa já está presente em mais de 190 países, incluindo o Brasil, que já produziu conteúdo original para a plataforma.

Com todo o sucesso e popularização do modelo de streaming, a Netflix abriu a possibilidade de concorrência, que vem crescendo de forma interessante, partindo de muitas empresas influentes por todo o mundo.

Dessa forma, a empresa conseguiu a atenção de grandes produtores televisivos, e se destaca nas premiações de TV mundiais.

Amazon Prime Video

O Prime Video é um serviço da Amazon criado em 2006. Em sua concepção, ele era exclusivo para países em que a empresa tem suas bases e grande atuação, como o Estados Unidos. Nesses países, a maioria dos serviços premium da empresa eram compilados em apenas uma assinatura.

Assim como a Netflix, o Amazon Prime Video também sofreu grandes mudanças. Antes, a plataforma era apenas um grande compilado de conteúdos produzidos por terceiros.

Hoje, porém, ela também investe na produção de séries e filmes originais.

O serviço da Amazon já esta disponível em vários países, entre eles o Brasil, onde oferece acesso a séries e filmes de outras emissoras, além das produções próprias.

Hulu

A Hulu é a empresa de streaming mais reconhecida de forma internacional. Mesmo não agindo de forma global, ela consegue ser considerada uma das grandes concorrentes da Netflix.

A diferença entre elas é que boa parte do conteúdo de seus parceiros é disponibilizado para streaming logo após a estreia na televisão.

Entre seus novos esforços, a Hulu também trabalha com a produção de série originais, contando com produções aclamadas pela crítica e pelo público. Algumas mudanças são esperadas para o próximo ano, já que a Disney vai se tornar dona da maioria das ações da empresa.

HBO Go

A HBO oferece o serviço de streaming para todos os que assinam seus canais de TV. Através dessa plataforma, eles permitem que todos tenham acesso a sua programação original, na integra, em qualquer lugar.

Como produtora de TV, a HBO migrou seus conteúdos para que mais uma plataforma fosse usada, atraindo novos clientes do mercado atual. Portanto, as pessoas não precisam mais desfrutar do conteúdo produzido apenas na TV.

Sendo assim, qualquer assinante dos canais HBO pode ver os filmes e séries originais diretamente de seus dispositivos de preferência.

FOX Play

Tomando como exemplo o HBO Go, a FOX Play é mais um canal disponibilizado para o consumo do conteúdo produzido pela FOX. Através dessa plataforma, os assinantes dos canais FOX podem assistir, na íntegra, todos os conteúdos produzidos pela empresa.
A FOX Play, porém, conta com um sistema de assinatura premium.

Portanto, algumas das séries e filmes só podem ser vistas na plataforma por esses assinantes. Essa é uma forma de valorizar os conteúdos de maior sucesso do estúdio.

O futuro da FOX Play pode ser bem diferente do que foi apresentado até o momento, já que a empresa responsável pela plataforma (21st Century Fox) está sendo absorvida pela Disney, que planeja o lançamento seus próprios aplicativos de streaming.

Globo Play

O Globo Play é um dos primeiros aplicativos de streaming do Brasil, criado há alguns anos para disponibilizar o conteúdo produzido pelos estúdios Globo. Além de permitir que os usuários possam assistir seus programas favoritos, o Globo Play também compila a programação dos canais a cabo, como o Multishow.

No ano de 2018, a GloboPlay sofreu grandes mudanças, como todos os aplicativos de streaming. Foram anunciados programas e séries originais, que serão produzidos exclusivamente para a plataforma. Isso coloca essa plataforma mais próxima de grandes investimentos globais, como a Netflix.

Sendo assim, a GloboPlay se torna um dos primeiros investimentos brasileiros do mundo do streaming a produzir conteúdo original e exclusivo.

Telecine Play

O Telecine Play é uma plataforma digital que disponibiliza os filmes exibidos pelos canais Telecine. O conjunto de canais de assinatura é conhecido por estrear filmes na televisão com grande rapidez, e cobre uma gama de gêneros audiovisuais.

Acompanhando a mudança de hábito dos telespectadores, a Telecine resolveu disponibilizar para seus assinantes mais uma plataforma.

Com o Telecine Play, todos os assinantes dos canais Telecine tem acesso aos filmes e lançamentos exibidos pelo canal, de forma completa, através de seus dispositivos.

Youtube

Há alguns anos, o Youtube anunciou que entraria para o modelo de streaming, aliado a plataforma de vídeos já estabelecida no mercado.

Assim, eles decidiram investir em uma programação original de séries e vídeos semelhante aos modelos da Netflix e Amazon Prime Video. O investimento, porém, pareceu precipitado.

Depois de certo tempo de atuação, o Youtube abandonou seu sistema de assinaturas para o conteúdo original. No lugar, eles decidiram implementar o sistema de propagandas e anúncios, que já está presente em sua plataforma original.

Assim, qualquer pessoa pode acessar o conteúdo original criado pelo Youtube de forma gratuita. O Youtube também anunciou que planeja continuar a produção de séries e filmes originais, se aproveitando do novo modelo de monetização.

Disney+

A mais nova empresa a investir no mundo do streaming é a Disney. A plataforma Disney+ foi anunciada para bater de frente com grandes aplicativos de streaming, concorrentes da Netflix.

Tendo como vantagem seus direitos sobre outros estúdios, o Disney+ tem vantagem sobre o mercado. Afinal, a Disney possui os direitos de grandes produtores, como a Marvel, Lucasfilm, Pixar e, em breve, 21st Century Fox.

O serviço de streaming da Disney já possui um número considerável de produções originais sendo desenvolvidas. Seu lançamento está planejado para o primeiro semestre de 2019.

Como funciona o streaming?

A transmissão funciona através de uma troca de dados constante entre um dispositivo móvel e um servidor.

Nós entendemos na prática: quando fornecemos trabalho em um filme em uma transmissão de vídeo, como Netflix, Globo Play ou Amazon Prime, o dispositivo acessível: telefone inteligente ou TV inteligente, por exemplo, enviar uma solicitação para o servidor, onde esse conteúdo é armazenado envia os dados de imagem e áudio.

Vantagens dos serviços de Streaming

Com a transmissão, seus clientes não precisam receber conteúdo completo para participar das notícias mais importantes da sua empresa. Porém, esta é a maior diferença para baixar conteúdo.

Se você baixar um arquivo de vídeo ou música, o usuário deve aguardar até que o servidor enviar todos os dados para o dispositivo para o dispositivo para visualizar ou ouvir o conteúdo. Além disso, o arquivo é armazenado no dispositivo que baixou o conteúdo que pode levar muito espaço.

Já com tecnologia de transmissão, o arquivo é armazenado no servidor de plataforma, que não afeta a memória interna do dispositivo móvel.

Acesso de qualquer lugar

já que a transmissão de transmissão é feita através da Internet, você pode acessar seu conteúdo de qualquer lugar. Isso permite que mais pessoas saibam sua marca e entrem em todos os lançadores.

Para que tudo funcione bem, o requisito mínimo e indispensável para acessar uma plataforma de distribuição é ter um dispositivo conectado à Internet.

Mais transparência nos conteúdos

No conteúdo dos vídeos já modificados, a transmissão é quase sempre transmitida ao vivo no contexto de vendas, ele não permite nenhum corte ou manipulação, que acaba apresentando mais transparência pela empresa.

Como resultado, sua marca ganha mais credibilidade com seus clientes, além de promover mais compromisso.

Não oferecem riscos para o usuário

A internet era um campo de gradiente até pouca após a estreia da banda larga no Brasil. O download dos arquivos foi praticamente conhecido por infectar computadores com os mais diversos malwares, incluindo o Trojan, também conhecido como cavalo de Tróia.

Como a tendência é que a Internet é um local cada vez mais seguro para os usuários, dependendo das leis de proteção de dados, garanta as plataformas de transmissão de navegação e segurança e dispositivos de navegação gratuita. Isso é fundamental porque o acesso ao pagamento é liberado.

Portanto, é necessário preencher dados financeiros em registros de usuários, e essas informações não podem ser escapadas.

Taxa de conversão

Os streamings possuem uma taxa de conversão maior de um evento no streaming rejeita a necessidade de uma sala física para começar a iniciar uma inicialização pode aumentar sua taxa de conversão.

De fato, esta é outra maneira de apresentar seus produtos de um público em geral e servir como uma boa atração para a sociedade. A Apple, por exemplo, a cada ano realiza um evento on-line para comunicar suas notícias ao público.

Assim, a marca é mais do que revisões profissionais e críticas profissionais, a marca pode acessar o mundo naquela época e, assim, aumentar as vendas.

Por que o nome streaming?

O termo “streaming” foi usado pela primeira vez para cassetes produzidos pela Data Electronics Inc. Seu objetivo era reduzir a velocidade do fluxo de movimento da banda, para poder armazenar mais conteúdo.

No caso de uma descrição do vídeo a pedido, o termo foi usado pela primeira vez na década de 1990. Outros termos como “armazenamento e vídeo encaminhamento” (em tradução literal: Vídeo da loja e antes) eles acabaram não se espalhando porque Eles são muito longos.

O futuro do streaming

O mundo da tecnologia é cada vez mais evoluindo e atualmente atinge o ramo de vídeo. Com a entrega, os catálogos do jogo podem se tornar mais e mais acessíveis do que antes.

De acordo com a conectividade com a Internet e a qualidade dos dispositivos, porque os computadores e telefones celulares evoluíram, um recurso digital que mudou a maneira como consumimos produtos digitais que já mencionamos e muitos outros: transmissão.

Com ele, basta acessar o site para controlar qualquer conteúdo audiovisual no momento em que você quiser e sem ter que baixar qualquer coisa.
A transmissão é a criação contínua de arquivos auditivos ou de vídeo.

Em outras palavras, é a entrega de dados entre um servidor específico (a partir de uma empresa que oferece este arquivo) para um usuário (você). Quando você acessa uma solicitação musical, por exemplo, basta selecionar a faixa ou o álbum que você deseja ouvir e a reprodução será iniciada imediatamente.

Os dados dessa música são armazenados em buffer: quando o site ou aplicativo carrega parte da mídia com antecedência para que tudo seja reproduzido continuamente, mesmo que a Internet oscilse. A entrega não usa o computador ou a memória do telefone, porque tudo é reproduzido online.

Crie seu próprio streaming

Agora que você sabe tudo sobre os aplicativos de streaming vamos falar sobre como entrar para o mercado. Tendo em vista o que já explicamos, você precisa do seguinte para começar a atuar:

  • Modelo de negócios que garanta lucro para seu investimento, possibilitando a disponibilização de novos conteúdos de forma regular;
  • Sistema de assinaturas capaz de satisfazer as necessidades de seu negócio e atende as expectativas de seus usuários;
  • Conteúdo de qualidade que supera as expectativas de seus assinantes;
  • Uma plataforma bem desenvolvida capaz de atender todas as necessidades de crescimento do negócios e garantir uma boa experiência de uso.

Sendo assim, para alcançar o sucesso é preciso investir nas melhores soluções. Se você precisa de uma plataforma completa, podemos te ajudar com a solução:

Plataforma de streaming da Codificar

Com mais de 10 anos de mercado, a Codificar trabalha com o desenvolvimento de softwares e aplicativos completos, e prontos para implementação. Entre nossos produtos, temos a solução para os empreendedores que planejam se inserir no mundo dos aplicativos de streaming.
plataforma de streaming da Codificar é perfeita para a criação de um site e um aplicativos semelhantes a Netflix, capazes de superar a expectativa dos usuários. Com todas as principais ferramentas, você consegue gerenciar seu próprio projeto, capaz de competir com outros aplicativos de streaming.