tipos de marketplaces

Tipos de Marketplace: conheça os tipos e quais são os mais rentáveis

Agora que você sabe o que é o mercado, e como criar um mercado de sucesso, o próximo passo é entender quais tipos de mercado são e o que aplicar em sua empresa. Para isso, é necessário avaliar quais dos modelos existentes se adaptam melhor ao seu mercado, levando em conta as vantagens e desvantagens.

Também é necessário prestar atenção à sua capacidade inicial de investimento, as particularidades do seu público e a forma de pagamento.

Você quer entender como aplicar isso e descobrir o melhor modelo de mercado para você? Neste artigo, explicaremos os principais tipos de marketplace, ambos de negócios e serviços e, em cujo caso você deve optar por cada um deles.

Tipos de Marketplaces

Existem muitos tipos de mercados e publicidade nesta plataforma atraem cada vez mais varejistas de diferentes segmentos de mercado. Isso, porque produtos e serviços promocionais podem obter maior visibilidade e aumentar as vendas sem ter que investir em lojas virtuais.

Marketplace de produtos

Mercado do tipo de mercado mais comum, com o objetivo de comercializar vários tipos de produtos, como roupas, calçados, livros, eletrônicos, móveis e vários produtos. Neste segmento de mercado, há alguns participantes conhecidos, como:

  • Mercado Livre;
  • Amazon
  • Americanas;
  • Dafitti;
  • Casas Bahia;
  • Madeira madeira;
  • Zatini;
  • Carrefour;
  • Leroy Merlin

Marketplace hiperlocal

Um modelo de marketplace hiperlocal pode ser definido como um modelo de negócios on-line no qual as necessidades sob demanda dos clientes são atendidas por meio de lojas off-line locais por meio de uma plataforma digital.

A demanda por bens e serviços dos clientes como mercearia, remédios, serviço de lavanderia, etc. é atendida instantaneamente. iFood, 99 Food, AiQFome, Uai Obras, Pede No bairro são exemplos disso.

Marketplace de serviços

Neste modelo de negócios, indivíduos ou pessoas se registram para fornecer seus serviços e, em troca, as comissões da folha de pagamento pela marca.

Os motoristas fazem parte da plataforma para fornecer serviços e pagar uma certa porcentagem de transações de mercado. Outros exemplos de excelentes negócios neste modelo são serviços de entrega e aplicativos de mobilidade, como Uber, 99, GetNinjas, Trider, Singu, Loggi, Be delivery, Hey Entregas, Let’s Delivery, Axaki, Home Clinic.

Marketplace de aluguel

Antigamente, quem queria viajar só poderia optar por alugar um quarto de hotel ou um hotel, mas o mercado de alugueis mudou essa realidade. Estamos falando do famoso Airbnb, que é o maior aluguel de quartos do mundo, mas não um hotel único.

E os marketplaces de aluguel não estão apenas ligados a reserva de hoteis. É possível encontrar plataformas de aluguel de carros, barcos, consultórios, escritórios.

Os grandes players do mercado de marketplace de aluguel atualmente são: Airbnb, homestay, Fleety, Moobie, Clickandboat, bnbboats, consultorio vago, escritorio vago, PPUse

Marketplace de agendamentos

Os horários da data e valor do mercado são detidos diretamente no site com o proprietário que produz a sala. Mesmo antes de fazer a reserva, o usuário já conhece quantas pessoas vão cobrar o dia da sua estadia.

Este é um dos tipos de mercado que atendem audiências específicas. A plataforma de planejamento destina-se a profissionais, como médicos, dentistas e psicólogos, procurando uma ferramenta simples e prática para os pacientes planejarem consultas.

O mercado de plataformas de publicidade são especialistas em promover produtos. Nesse caso, os usuários são salvos e colocam as fotos, descrições, valores e partes interessadas para entrar em contato. O mercados não vende produtos ou fornece métodos de pagamento – apenas para fins de exibição.

Se você quiser vender produtos na Internet, a escolha ideal é trabalhar com um negócio sério e confiável. De fato, a venda no conhecimento do e-commerce ajudará as empresas a se desenvolverá porque o cliente terá mais confiança no momento da compra.

Classificação dos marketplaces

A classificação dos marketplaces pode ser divididas pelos participantes. Eles incluem mercados B2B, B2C e P2P. Esta avaliação também é importante calcular o custo para construir um mercado on-line.

Marketplaces B2B

significa um modelo de negociação comercial. Aqui, os bens e serviços são vendidos de um sistema de negócios para outro. Essas plataformas de negócios eletrônicas conectam vários vendedores aos compradores.

Você pode pensar no Alibaba, uma das principais plataformas do mundo para o comércio mundial de negócios globais.

Marketplaces P2P

O Marketplace P2P, ou ponto a ponto, são mediadores entre pessoas que têm um produto e aqueles que querem comprá-lo. O Marketplace P2P oferece aos seus usuários uma plataforma para compartilhar produtos e serviços. Você precisa saber Uber, que é um ótimo exemplo dessas plataformas.

Marketplaces B2C

refere-se ao modelo de negócios eletrônico de uma empresa cliente. Implica o processo de venda de produtos ou serviços entre empresas e clientes diretamente.

Ao contrário do tipo anterior, as plataformas B2C dependem mais da resposta emocional da sua marca do que no valor verdadeiro de um produto. Um bom exemplo desta plataforma será prosperidade, um dos líderes mundiais em comércio eletrônico.

Marketplace de anúncios

Algumas plataformas são especialistas apenas na promoção do produto. Nesse caso, os usuários são registrados e inseridos em fotos, descrições, valores e telefones para as partes interessadas entrarem em contato. O mercados não vende produtos ou fornece métodos de pagamento, apenas para fins de visualização.

Alguns exemplos simples são as compras do Google, o OLX e o Buscapé, que ganham dinheiro carregando um custo para destacar seus anúncios e obter mais oportunidades de conversão. Estes são tipos de mercado do mercado.

Se você quiser vender produtos na Internet, a opção ideal funciona com uma empresa séria e confiável. Isso ocorre porque a venda no e-commerce conhecida ajudará a crescer o negócio porque o cliente terá mais confiança no momento da compra.

O que é um Marketplace?

Um mercado online é uma plataforma que facilita as transações (monetárias ou baseadas em outra forma de valor) entre os usuários. O proprietário de um mercado não possui estoque. Em vez disso, o proprietário de um mercado fornece os meios para que as pessoas se encontrem e concluam uma transação.

Existem diferentes tipos de mercados. Você tem mercados ponto a ponto, que permitem transações de forma mais geral entre as pessoas (pense em Airbnb, contanto que o locatário seja um indivíduo e não uma locadora).

Depois, há mercados business-to-consumer onde os consumidores podem encontrar empresas diferentes (como a Amazon) e mercados business to business onde as empresas se encontram. Agora que entendemos o que é marketplace, vamos entender como está o mercado atualmente.

O mercado dos marketplaces

O mercado de Marketplaces cresceu muito nos últimos anos. Nos Estados Unidos e na China, a maioria das compras e emprego de serviços de Internet já são realizadas por mercados. No Brasil, ocorreu um movimento semelhante, com a incorporação de grandes varejistas para o modelo de mercado.

Vantagens de investir em um Marketplace

Marketplace é uma alternativa excepcional para quem quer investir no mercado de vendas, enquanto empreendedores experientes que têm atividade física para o sentimento digital registrar negócios físicos.

Uma grande vantagem das vendas on-line que reflete no mercado é a oportunidade de competir com grandes empreendedores com grandes competições. Como a maioria dos produtos de publicidade pode ser enviada por correio, proprietários de pequenas lojas e até mesmo interiores pode vender pessoas em grandes cidades.

Conclusão

Agora você sabe quais modelos de negócios de mercado existem e qual escolher para um negócio de mercado lucrativo. É hora de começar o seu.

O Marketplace oferece a seus proprietários um modelo de negócios surpreendentemente enxuto e escalável. Algumas das maiores empresas do mundo são bons exemplos. Por exemplo, aplicativos de mobilidade como o Uber não possuem carros.

Um aplicativo de marketplace como o Airbnb não possui apartamentos, e a Amazon não possui a maioria dos bens e serviços que vende.

Embora o modelo precise vender mais bens ou serviços para atingir o ponto de equilíbrio, o fato de o foco estar nas plataformas e na cobertura dos consumidores significa que as economias de escala são mais fáceis de alcançar.

Ao contrário de outros negócios digitais, novos proprietários de Marketplaces também podem se surpreender com o que uma equipe relativamente pequena pode realizar.

Com uma metodologia bem desenvolvida para analisar, isolar e resolver partes de sua jornada ao mesmo tempo em que coloca o cliente em foco, você poderá desenvolver, testar e lançar rapidamente qualquer novo recurso ou funcionalidade para encurtar o ciclo de vendas e garantir retenção e receita contínuas crescimento.

Se ainda houver dúvidas, ou desejar saber criar um aplicativo próprio marketplace online, você pode entrar em contato direto com a nossa equipe, através do formulário abaixo: