O que é geolocalização e como aplica-lá no seu negócio

Desde que a tecnologia da geolocalização foi implantada, milhares de pessoas são beneficiadas no mundo todo, pois, qualquer dispositivo conectado a internet pode ser facilmente localizado com informações do país, estado, cidade, rua, e até o horário onde esse dispositivo se encontra.

Seja por IP, identificação de rádio freqüência (MAC, RFID), conexão sem fio e coordenadas de GPS, vários dispositivos estão utilizando a geolocalização em algum lugar do mundo nesse momento.

geolocalização o que e é como funciona

O que é, de fato, a geolocalização?

A geolocalização é nada mais nada menos que a identificação ou estimativa da localização geográfica real de um objeto, como uma fonte de radar, que através de um dispositivo com conexão à internet é capaz de gerar um conjunto de coordenadas geográficas, identificando a localização solicitada.

Como a geolocalização funciona?

Também conhecido como posicionamento, a geolocalização utiliza, geralmente, métodos de rádio freqüência, Wi-fi e o GPS. Veja abaixo como funciona cada um deles separadamente:

  • GPS: Processo ligado a circunstâncias do tempo, possui localização realizada por satélite, captando no mínimo o sinal de três satélites.
  • GSM ou Radiofrequência: Tem a localização executada através de ondas de rádio e utiliza as informações fornecidas pelas operadoras móveis. Nesse processo, mesmo com o GPS desativado é possível localizar o dispositivo, desde que ele esteja ligado e com sinal.
  • Wi-fi: A técnica permite que o usuário encontre sua localização em um ambiente indoor através do Wi-fi em que você está conectado, mesmo o sinal de GPS desativado.

A geolocalização aplicada aos apps

Numa velocidade absurda, a geolocalização tornou-se indispensável para as empresas que exercem marketing digital. Aplicativos de relacionamento, viagens, delivery, restaurantes, e discotecas, são alguns adeptos dessa função.

Separamos 5 apps, como exemplo, para você entender como a geolocalização é utilizada em cada um deles.

Google Maps

geolocalização o que é e como funciona

O Google Maps é a referência no processo de geolocalização, utilizando o GPS para encontrar locais e rotas solicitadas. Ele oferece serviços de busca em lugares de todo o mundo; desde países, cidades, ruas, até mesmo recursos que permitem encontrar vagas para estacionar carros.

Foursquare

Aplicativo de busca que utiliza dados do próprio usuário para mostrar novos lugares de possível interesse. Baseando-se em gostos, avaliações passadas, escolhas feitas por amigos e especialistas de sua confiança, faz indicações dos mais diversos locais como lojas e restaurantes.

Uber

geolocalização o que é e como funciona

Aplicativo de viagem que indica, através da geolocalização, onde o passageiro está, em quanto tempo o motorista chegará até ele e o percurso da viagem. O Uber também está presente na entrega de alimentos, através da UberEATS, concorrendo com o iFood.

Waze

Waze é um app onde os usuários através de seus smatphones, compartilham informações de trânsito e de vias em tempo real. Através da geolocalização, o maior aplicativo de navegação e trânsito do mundo baseado em uma comunidade, informa sobre policiamento, acidentes, encontra postos de combustíveis com melhor preço, informa rotas e ainda permite compartilhar locais.

Estes são apenas alguns do vários aplicativos que utilizam dessa função importantíssima no desenvolvimento de serviços que se usadas de forma correta trazem excelentes resultados para o seu negócio.

A relação da geolocalização com o marketing

Através da geolocalização a empresa apresenta ao seu cliente o que ele quer, ou precisa. Através de segmentações a marca tem a oportunidade de interagir com o seu potencial cliente antes, durante e depois da compra.

Geomarketing

Como o próprio nome já intui, geomarketing é uma técnica que usa a localização de um público para definir estratégias. Seja para saber onde investir em divulgação ou para incorporar informações à persona, todas as ações partem desse aspecto.

Afim de direcionar e planejar campanhas obtendo um retorno ainda maior, a ferramenta pode responder algumas questões sobre seu possível cliente, por exemplo:

  • Quais os interesses;
  • O que consome;
  • Quais os hobbys;
  • Onde costumar gastar;
  • Como atraí-lo;
  • O que oferecer;
  • Quanto cobrar pelo produto;

Como usar em sua estratégia?

Existem várias formas de aplicar o Geomarketing no seu negócio. Falaremos sobre algumas dessas possibilidades a seguir para que você implemente a mais viável em sua estratégia.

Geotargeting

Através dela, você pode filtrar o alcance de uma campanha de anúncios na web a partir da localização. Por exemplo, se seu negócio tem um público alvo residindo em Belo Horizonte você pode delimitar sua oferta para que seja exibida apenas à pessoas que estão em Bh.

Esse é um recurso básico, disponibilizado por plataformas de anúncios online, como Google Adwords e Facebook Ads (que também gera anúncios para o Instagram).

Geofencing

Um recurso um pouco mais avançado que permite que um App dispare notificações, seja por sms ou email, quando o usuário se aproximar de determinada área.

Numa espécie de monitoramento autorizada pelo usuário através do compartilhamento de localização, o aplicativo pode notificar convites à loja, ou, ofertas exclusivas assim que ele se aproximar do estabelecimento.

Check-ins

Ferramenta muito utilizada no Facebook e ideal para ter uma publicidade orgânica do seu negócio físico, por gerar uma espécie de gatilho mental da prova social. Com o check-in o usuário faz publicações informando ter passado pelo seu estabelecimento.

Muitas lojas incentivam esse comportamento permitindo ao usuário o uso do Wi-fi, caso ele faça o post Check-in no Facebook, por exemplo. Além disso, você pode estimular esse tipo de publicação no Instagram repostando aqueles stories em que seu negócio foi marcado.

Geofiltros

Sabe quando você está turistando numa cidade e ao tira uma foto, para postar no Facebook ou Instagram, percebe que há um filtro com uma espécie de logo da sua localização? Caso você não tenha vivenciado isso, muito provável que já tenha visto outras pessoas usando esse recurso. Isso é o Geofiltro.

Eles podem ser inseridos de forma automática em fotos e vídeos dos usuários a partir da sua localização, identificada por meio do GPS. E você consegue criar filtros personalizados de acordo com o seu negócio, seja ele físico ou não. No caso do digital, a ferramenta é muito útil durante eventos presenciais.

Quem está apostando no geomarketing?

Temos alguns cases que utilizaram o geomarketing e obtiveram muito sucesso:

  • A rede de lojas Riachuelo utilizou o geomarketing para aumentar o número de lojas no Brail. O planejamento estratégico e o mapeamento das regiões brasileiras onde pudessem encontrar seu público alvo, fez com que a rede passasse de 77 para 145 pontos de venda em seis anos. Auxiliando ainda no relacionamento com os clientes e nos setores financeiro e comercial.

  • O geomarketing também é utilizado pela Domino’s Pizza para projetar o potencial de consumo de uma determinada área. Os pontos de venda se baseam na quantidade de domicílios ao redor, onde o nome da marca se destaca por tamanha rapidez na entrega dos produtos.

  • O Boticário, rede de cosméticos, investe em geomarketing, fazendo o cruzamento de dados como a renda média dos consumidores da região e o número da população flutuante do pólo. Para escolher os locais ideais para abertura ou reforma das lojas, a empresa estudou a densidade do comércio daquela região, o número de pontos comerciais e até a correlação dos segmentos de outras lojas com os produtos O Boticário.

As informações geomercadológicas que inclui indicadores demográficos, econômicos e de consumo, ferramentas de análise de dados completa e relatórios analíticos mais práticos e acessíveis são possíveis com o surgimento do geomarketing.

Quer saber como crescer seu negócio através de aplicativos? Nós, da Codificar, somos desenvolvedores de apps que inclusive utilizam o serviço de geolocalização. Clique aqui para saber mais.

One comment

Comments are closed.