Tudo sobre os aplicativos de compartilhamento de bicicletas

aplicativos de compartilhamento de bicicletas.
Com o principal intuito de melhorar a mobilidade nas grandes cidades, esses aplicativos são utilizados para oferecer bicicletas como meio de transporte urbano. Assim, as cidades podem oferecer novas formas de locomoção para sua população, enquanto oferecem lazer de forma simples e prática.
Nos últimos anos, várias empresas investiram em aplicativos de compartilhamento de bicicletas para melhorar sua relação com o público. Além disso, essa é uma ótima forma de marketing, já que demonstra que essas empresas cuidam do ambiente em que estão inseridas.
Mas, afinal, como funcionam os aplicativos de compartilhamento de bicicletas? Trouxemos um artigo que analisa esses aplicativos, com a resposta de todas as dúvidas que você pode ter. Vamos começar falando sobre como eles funcionam:

Como funcionam os aplicativos de compartilhamento de bicicletas

Os aplicativos de compartilhamento de bicicleta tem funcionamento simples. Através da plataforma, os usuários podem encontrar bicicletas cadastradas, e podem utilizar por um período de tempo. Em sua maioria, esses aplicativos funcionam com um sistema de créditos, dentro de uma limitação de atuação.
É mais fácil que estes aplicativos sejam encontrados nas grandes cidades, devido à grande demanda por parte dos usuários. Além disso, estes aplicativos funcionam como alternativa ao transporte público, e como forma de lazer.
Cada aplicativo funciona de uma forma diferente, mas existem algumas características em comum. Vamos falar delas abaixo:

Usuários

Os usuários são aquelas pessoas que criam a demanda do compartilhamento de bicicletas. Eles são os principais responsáveis pelo crescimento destes aplicativos, e investem tempo e dinheiro nessas plataformas.
Enquanto alguns aplicativos de compartilhamento de bicicletas estão destinados ao público geral, outros podem ter públicos específicos. De qualquer forma, essas pessoas são as que fazem download do aplicativo e utilizam de forma regular as bicicletas disponíveis.
Como responsabilidades dos usuários, estão a manutenção da qualidade das bicicletas disponíveis e o bom senso no uso de cada uma delas, se atentando as regras da plataforma escolhida.

Bicicletas

Elas são os principais produtos que atraem os usuários para a plataforma. Com um sistema de segurança próprio, as bicicletas devem ser equipadas com a tecnologia necessária para o desbloqueio feito pelos usuários, além de estarem prontas para o uso a qualquer momento.
Enquanto é de responsabilidade dos usuários manter a integridade dos equipamentos utilizados, a empresa que desenvolveu o aplicativo é responsável por disponibilizar as bicicletas para o público, criando um sistema de uso atraente e funcional.
A qualidade das bicicletas oferecidas tem grande peso no crescimento de usuários de cada aplicativo.
Sendo assim, é importante que empresa responsável disponibilize os melhores equipamentos, pensando na segurança e na comodidade dos usuários.

Limites de uso

Ao desenvolver qualquer tipo de serviço ou plataforma é necessário pensar nas suas limitações. Isso é especialmente importante na criação de aplicativos de compartilhamento de bicicletas. Afinal, é necessário controlar o uso os equipamentos disponibilizados.
Essa limitação pode vir de várias formas diferentes, entre elas:

Tempo de uso

Se o número de bicicletas disponibilizadas pela empresa foi limitada de acordo com a demanda, é possível criar um limite de tempo de uso por usuário, para garantir a rotatividade dos equipamentos entre as pessoas interessadas em sua utilização.
O limite de uso, porém, pode diminuir de forma considerável a capacidade de lucros de um aplicativo de compartilhamento de bicicletas.

Limite de área

Em caso de atuação em cidades grandes, pode ser necessária a delimitação de uma área de atuação. Isso facilita manutenção dos equipamentos e controla a utilização dos usuários. Dessa forma a empresa responsável consegue ter ainda mais controle sobre as bicicletas que disponibiliza para o seu público, além de ajudar na segurança daqueles que as utilizam.
Com este limite de área, é fácil controlar a forma com que os equipamentos são utilizados, além de garantir um grande número de bicicletas disponíveis em uma área específica.

Áreas de retirada e entrega

Essa limitação diz respeito à forma com que os equipamentos devem ser deixados após a utilização dos usuários. Enquanto alguns aplicativos de compartilhamento de bicicletas permitem que os equipamentos sejam deixados em qualquer lugar dentro da área delimitada, outros precisão que os usuários deixem as bicicletas em centros específicos. Este é o caso de aplicativos que não contam com um sistema de bloqueio de equipamento universal, já que precisam desses docks para que as bicicletas possam ser guardadas com segurança.
Independente de tais limitações, os aplicativos de compartilhamento de bicicletas devem focar na comodidade do usuário. Afinal, essa é a razão de criação de qualquer tipo de aplicativo.

Monetização

Mesmo que algumas empresas criam seus aplicativos de desenvolvimento de bicicletas como uma forma de marketing sustentável, elas precisam ser uma forma de manter o serviço funcionando. Sendo assim, a cobrança do serviço pode ser dada de várias formas. A forma de monetização mais comum entre os aplicativos de compartilhamento de bicicletas é a cobrança por tempo de uso. Através desse tipo de cobrança, os aplicativos calculam o valor necessário para que o usuário utilize o equipamento. Geralmente a fração mínima e de 15 minutos, outros aplicativos que cobram por hora de utilização.
Outros sistemas de monetização conta com usuários específicos. é o caso de aplicativos de compartilhamento de bicicletas que estão ligadas a marcas e empresas maiores. Elas acabam por não cobrar a utilização do equipamento de seus usuários frequentes, enquanto tem uma tarifa base para usuários que não fazem parte da sua base de clientes.
De qualquer forma, é necessário pensar em um sistema de cobranças que funciona de forma simples. Assim, os usuários das grandes cidades não tenham dificuldades ao solicitar um equipamento.
Tendo em vista o costume dos consumidores em fazer compras online, é muito comum que os aplicativos de compartilhamento de bicicletas utilizem uma forma de pagamento digital. Sendo assim, cartões de crédito, podem ser cadastrados diretamente na plataforma. Outras empresas podem utilizar o sistema de compra de créditos feita pessoalmente. Tudo depende dos recursos disponíveis.

Forma de uso

As formas de uso de um aplicativo de compartilhamento de bicicleta depende muito de suas limitações.
Enquanto existem aplicativos que permitem o uso em qualquer parte da cidade, outros vão funcionar dentre de áreas específicas. É o caso de parques ou grandes avenidas. Essas formas de uso deve levar em consideração a atuação da empresa responsável, e a forma com que prendem levar a manutenção de seus equipamentos.
Outra diferença que pode ser notada entre os aplicativos, é a forma com que as bicicletas ficando disponíveis para os clientes. Alguns podem disponibilizar através de docks, que devem ser utilizados tanto para pegar os equipamentos quanto para devolvê-los. Dessa forma os usuários sabem que existem lugares específicos que disponibilizam todos os equipamentos. Outros aplicativos, porém, utilizam o sistema de GPS para que os usuários encontrem as bicicletas. Assim, elas podem ser deixadas em qualquer lugar dentro da área de atuação, para que outras pessoas utilizem o equipamento.
O desbloqueio as bicicletas é, normalmente, tenta através de um código numérico ou QR Code, que linka o equipamento com o perfil do usuário.

O principais aplicativos de compartilhamento de bicicletas no Brasil

Como dissemos anteriormente, é mais comum encontrar áreas de atuação dos aplicativos compartilhamento de bicicletas em grandes cidades. Entre os aplicativos de compartilhamento de bicicletas mais populares estão os seguintes:

Yellow

Como principal exemplo de aplicativos de compartilhamento de bicicletas, temos o Yellow. O aplicativo e nasceu em São Paulo já está disponível no Rio de Janeiro, São José dos Campos, Florianópolis, e em Brasília, e pretende se expandir.
O aplicativo disponibiliza bicicletas e patinetes para todos os seus usuários, contando com um sistema de pagamento simples, integrado ao aplicativo. ele se baseia em grandes áreas de utilização, como parques e bairros específicos.
As bicicletas podem ser encontradas em qualquer lugar, dentro de sua área de atuação. Elas são liberados através da leitura de um QR code, feita pelo dispositivo do usuário.
As bicicletas são mapeadas através de um sistema de GPS integrado, e com sistema de segurança baseado na tecnologia Bluetooth.

Itaú Bicicletas

Outro exemplo de compartilhamento de bicicletas em grandes cidades é a iniciativa do Itaú. As bicicletas públicas disponibilizadas pela empresa estão presentes em grandes cidades, como Belo Horizonte e Salvador. Elas ficam disponíveis em docks de estacionamento, e a utilização pode ser feita por qualquer usuário cadastrado no aplicativo,
Ele também permite que os clientes Itaú utilizem as bicicletas usando seus cartões do banco, sem a necessidade de um cadastro individual.
O aplicativo do Itaú permite a procura dos docks de bicicleta através do sistema GPS. Além disso, ele conta com pagamento facilitado pela plataforma.
Ao contrário do Yellow, as bicicletas devem ser retirados diretamente dos docks específicos, e devem ser entregues da mesma forma.

Como entrar para esse mercado

Para entrar no mercado dos aplicativos de compartilhamento de bicicletas, é necessário criar uma plataforma para retirada dos equipamentos. Para isso é necessário encontrar o melhor desenvolvedor de aplicativos e softwares. Neste caso, a Codificar pode te ajudar.
Há mais de 10 anos no mercado de desenvolvimento de aplicativos e software, a Codificar atua na criação de soluções completas para o mercado digital. Com dezenas de caso de sucesso, temos expertise e experiência de mercado capaz de entender e desenvolver os mais detalhados projetos. nossa equipe está preparada para receber pessoas de todo país, entendendo todas as suas necessidades e colocando o projeto em prática das formas mais simples.
Conheça mais do serviço de desenvolvimento de aplicativos da Codificar de ficar clicando aqui, ou entre em contato através do formulário abaixo:
]]>

Leave a comment