webinar

Webinar: o que é e quais plataformas usar

Por alguns meses, empresas do mundo todo pararam ou mantiveram suas atividades remotamente por conta do coronavírus. Com isso, o modelo Webinar ficou mais famoso, pois tornou-se ainda mais necessário o uso de ferramentas para fazer palestras e seminários online. Neste artigo você irá saber o que é um Webinar, como isso pode te ajudar nos negócios e quais as melhores ferramentas para fazer um.

O que é Webinar?

Webinar é uma das diversas estratégias do Marketing Digital que visa captação ou nutrição de leads. Trata-se de aulas, palestras, seminários ou reuniões feitas online para um público-alvo específico. A maioria deles é feito ao vivo, como uma videoconferência, com a interação do público e depois é disponibilizada uma gravação, mas isso não é uma regra.

O que diferencia esse modelo de uma live como qualquer outra é a preparação e a plataforma onde será exibido. Pois, o Webinar se comporta como um evento e de fato é, porém é um evento que acontece online. Com isso, é feito um convite com data, horário e uma promessa de entregar algo de valor para aqueles que se inscreverem no Webinar.
A ideia de evento adiciona certa seriedade e o conteúdo costuma ter estrutura melhor definida do que lives e reuniões rápidas, uma vez que ele é feito com o objetivo de entregar a promessa feita anteriormente através do convite e levar esse lead ao próximo passo, seja uma venda ou nível maior de qualificação.

plataforma de streaming

Quais as vantagens de um Webinar?

Como o Webinar, ou Webinário, é a versão online de uma palestra ou seminário, a principal vantagem de fazê-lo está na praticidade e baixo custo. Diferente de um evento presencial, onde diversas pessoas são envolvidas e vários serviços são contratados, no Webinar isso não é necessário. Um celular ou notebook com câmera, microfone e acesso a internet já são suficientes para começar.
Além disso, a quantidade de pessoas que poderão participar será muito maior, uma vez que você não terá limite de capacidade naquele espaço e as pessoas qualquer lugar do mundo poderão participar.

Como funciona um Webinar?

Como dissemos nesse artigo, o Webinar costuma ser mais estruturado que uma simples live e por isso requer um roteiro do que será apresentado. Essas são as etapas que você deve seguir para estruturar o seu Webinar:

1. Escolha o tema

O tema será o guia de todo o webinário, a começar pelo nome que você dará a ele. Esse nome precisa ser atrativo e sintetizar o que as pessoas verão naquela apresentação.

2. Determine o público que quer atingir

Isso precisa estar claro para você e sua equipe, pois uma vez decidido para quem será o webinar, a sua comunicação será mais clara e atrairá o público desejado. Pensar em quem estará ouvindo aquilo facilitará até nos exemplos que você usará durante sua apresentação.

3. Defina seu objetivo

Por que você quer fazer um Webinar? O que quer alcançar? Qual é o resultado esperado? Essas perguntas te darão um norte.

4. Defina a data e horário

Como você já sabe quem quer alcançar com essa webinário, escolher o dia e horário fica mais fácil. Por exemplo, se você vai falar sobre maternidade para mães de primeira viagem, sabe que 12h não é um bom horário para mães assistirem à uma palestra. Então, imagine como é a rotina do seu público e escolha o melhor horário para você e para eles.

5. Faça o roteiro

Veja como essa sequência é importante! Nessa etapa você já possui as informações necessárias para adaptar seu discurso ao público. É fundamental que haja coerência e ordem na sua apresentação, havendo início, meio e fim. E o fim é o grande fechamento da estratégia. Por isso, não se esqueça de conduzir o público para o seu objetivo através de uma Chamada Para Ação (CTA).

6. Escolha uma plataforma

É nesse momento que você decide onde fará a transmissão. Veja as opções mais usadas no mercado.

plataforma de streaming

Quais ferramentas usar para fazer um Webinar?

Youtube

O YouTube Live é uma ferramenta do Google que permite realizar o Webinar para os seu inscritos ou para o público restrito, como o que fez a inscrição. Para restringir quem pode visualizar seu webinário, basta configurá-lo para o público não listado e compartilhar o link da transmissão com quem você quiser.
Outra grande vantagem de usar o Youtube é que posteriormente você pode deixar o conteúdo disponível para o público. Ou seja, quem chegou atrasado ou perdeu o dia do seu webinar  tem a chance de assisti-lo em outro dia e horário.
Além disso, você pode configurar a transmissão com muita antecedência e deixar uma contagem regressiva acontecendo, de forma que quem acessar aquele link já poderá criar expectativas para o início do Webinar. No Youtube também é possível ver os comentários do público em tempo real e depois analisar as estatísticas de retenção de público durante seu webinário.

Zoom

A Zoom tem sido a plataforma mais usada por empresas ultimamente. Embora tenha planos de assinatura, há uma versão gratuita para usuários que buscam algo mais simples. A versão gratuita possui limite de 40min para videoconferências com mais de 3 pessoas, mas a versão paga pode valer muito a pena.
O Zoom Meetings oferece chat em tempo real, compartilhamento de materiais educativos do seu computador e a interação de mais pessoas em vídeo. Além disso, é possível transmitir e gravar todo o Webinar diretamente no computador.

GoToWebinar

Esta ferramenta foi desenvolvida especialmente para a transmissão de webinars. Embora seja mais cara, ela oferece envio de convites por e-mail, bate-papo, enquetes, envio de perguntas da audiência e compartilhamento de tela, além de um modo de ensaio para evitar imprevistos durante uma apresentação.

No GoToWebinar, é possível reunir até 100 pessoas em um evento e em dispositivos móveis ou no PC, não é necessário fazer login na plataforma.

Existem outras ferramentas para realizar videoconferências mais simples, como reuniões de empresa, mas essas são as melhores para criar um Webinar.

plataforma de streaming

E depois?

Após cumprir as etapas anteriores, você deve convidar as pessoas. Esse convite pode ser feito usando a sua lista de emails, ou através das redes sociais, ou anúncios no seu site. Lembre-se de quem você quer alcançar e onde esse público estará. Um convite precisa ser atrativo e fazer com que as pessoas desejem estar com você naquele webinar, por isso capriche na proposta.
Webinar é uma poderosa ferramenta para gerar e qualificar leads. Por isso todo mês a Codificar realiza um sobre tecnologia, negócios e o mercado de aplicativos. Assuntos como “Aprenda a criar seu próprio Netflix”, Como criar um aplicativo de entregas lucrativo” e “Como ganhar dinheiro com apps tipo Uber são alguns dos temas já abordados.

Quer ficar ser avisado e receber um convite para os participar gratuitamente dos próximos Webinars? Preencha o formulário abaixo e fique de olho na sua caixa de emails: