fbpx

Nos tempos atuais soa como obrigação priorizar as vendas. Ainda mais para os microempreendedores que têm crescido muito ultimamente. E, para atender ao consumidor final é necessário oferecer uma forma de pagamento prática, fácil e segura para promover um relacionamento saudável e lucrativo com o comprador.

Atualmente, não oferecer formas de pagamento alternativas ao dinheiro para seu cliente é algo impensável, pois pode significar a perda de vendas e de futuras parcerias comerciais. 

As maquininhas de cartão são imprescindíveis para um profissional ou uma empresa enquadrada como microempreendedora, de forma que, a pesquisa de oferta desse mercado é fundamental para a escolha de uma melhor opção. Importante salientar que o uso de uma maquininha confere risco zero para o comerciante.

maquininha

Vantagens de usar a maquininha

A segurança é algo muito importante para se levar em conta. O uso da maquininha protege o empresário de falsificações e do risco de fraude que acompanha o recebimento de pagamentos em cheque, por exemplo, bem como as notas falsas de pagamento em espécie. 

 O legal das maquininhas é que elas são  e muitas têm planos de isenção de mensalidade e de aluguel (atingindo o volume mensal de vendas estipulado pela rede).

Conforme o modelo que escolher, não possui bobina, tem conexão via bluetooth com celulares Android (verifique compatibilidade de versões).

As taxas são mais ou menos semelhantes. Débito permeia em 2%. As de crédito em, 3% (à vista) e 4% (parcelada). Você também pode optar por antecipar recebíveis do crédito à vista. A taxa para isso permeia em 5%.

Sabendo desses detalhes gerais, aqui vão alguns exemplos para ilustrar essa questão.

Maquininhas com as melhores taxas

SafraPay

Um primeiro é a Maquininha é a SafraPay, do Banco Safra. Ela aceita as principais bandeiras do mercado. Segundo a empresa, o usuário não paga aluguel ou qualquer valor pelo aparelho caso atinja um valor mínimo nas vendas mensais. O pagamento é depositado em uma conta do próprio Banco ou uma de sua titularidade. 

SumUp Top

Outra opção nesse mercado de maquininhas é a SumUp Top. Deve ser conectada ao celular para funcionar. Possui também conexão via Bluetooth, nos modelos Android e iOS. Para o microempreendedor, a sugestão é utilizar uma antecipação das vendas parceladas, recebendo tudo à vista em até um dia útil (opção baseada na cobrança de juros).

maquininha

Minizinha

Mais um exemplo das maquininhas é a Minizinha, conhecida por ser uma das opções mais baratas do mercado. Ela vem com chip, wi-fi e aceita pagamento por aproximação (NFC): otimiza as transações, dispensando o uso do celular.

Cielo Zip

A Cielo Zip é uma máquina de cartão direcionada para autônomo: pequena e portátil. Traz uma proposta para MEI (microempreendedorindividual) com conexão por Wi-Fi e 3G, chip da operadora, eliminando a necessidade de consumir dados e bateria do seu celular. Dispensa bobinas. O comprovante pós-venda poderá ser enviado ao cliente o por SMS (mensagem de celular).

Moderninha

A Moderninha é a máquina de cartão de débito ou crédito do PagSeguro. Também não possui mensalidade, taxa de adesão ou aluguel, não utiliza papel. O chip de dados incluso, dando ao cliente a opção de escolher a operadora. Para aderir a essa maquininha, não é necessário um CNPJ. Basta ter o número de CPF. 

Pronto! Agora é só lucrar!

Quer saber mais sobre negócios e tecnologia? Basta preencher o formulário abaixo que te manteremos informado sobre estratégias e ferramentas para alavancar seu negócio.

Enviar mensagem
Precisa de ajuda?
Olá,
como posso te ajudar?