fbpx

Provavelmente você está fazendo uma pesquisa de quanto custa criar um aplicativo e percebeu que é preciso saber quantas pessoas são necessárias para dar o ponta pé inicial no projeto. Certo?

Antes de entender como funciona o desenvolvimento de aplicativos e os profissionais envolvidos no processo, você precisa saber o que não é ou não faz parte do desenvolvimento.

  • Por mais que as vezes tenham alguma semelhança visual, criar um aplicativo não é igual a criar um site. Pois, diferente do desenvolvimento web, a criação de aplicativos lida com diferentes tecnologias ao mesmo tempo;
  • Apesar de lidarem com o digital, aplicativos não são feitos por publicitários. Empresas de desenvolvimento de aplicativos e softwares lidam com a criação de plataformas enquanto agências de publicidade são responsáveis pela divulgação de plataformas, sites, produtos, etc;
  • Criar um aplicativo não é simples e rápido.

Sabendo o que não é você está mais preparado para entender como é feito o desenvolvimento de aplicativos e onde cada profissional atuará nesse processo.

O que contém num aplicativo?

Como existem inúmeros tipos de negócio, também existem inúmeros tipos de aplicativos. E criar um aplicativo é criar uma ferramenta que atende às necessidades de um produto ou empresa. Por isso, o tempo, preço e estrutura do desenvolvimento de aplicativo pode variar. Dessa forma, o comum é que um app seja composto por duas partes:

1. Painel administrativo ou Dashboard

É um software WEB, bem semelhante a um site. Nele, os responsáveis pelo gerenciamento do app podem monitorar e configurar algumas informações. Por exemplo: no aplicativo Uber Motoboys o administrador consegue ter acesso ao número de corridas feitas, quantas foram canceladas, o faturamento total dos serviços, além de poder delimitar os limites geográficos do seus serviços. Veja como é o interior de um painel administrativo:

2. Aplicativo nativo

Normalmente o aplicativo é baixado através da loja de aplicativos App Store ou Google Play e instalado no celular. Após o usuário realizar qualquer ação no app, o banco de dados é acionado pelo dashboard, para buscar e levar informações para o painel administrativo. Veja o funcionamento do Uber Motoboys no celular:

Quais profissionais são necessários para criar um aplicativo?

Você precisará de uma equipe com os seguintes profissionais: designer, webdesigner, analista de sistemas, arquiteto de Software, desenvolvedor / programador, analista de banco de dados, analista de testes e gerente de projetos ou coordenador. Vamos explicar um pouco as funções dos principais:

  • Analista de sistemas

É responsável por compreender a necessidade de negócio do cliente e especificar por escrito o que precisa ser feito no projeto.

  • Arquiteto de Software

Analisa as necessidades do projeto e define a arquitetura técnica que melhor se encaixa no projeto. É comum sua participação na programação do aplicativo, sendo responsável pelas partes mais complexas do projeto.

  • Desenvolvedor / Programador

Transforma as especificações de negócio do aplicativo em código, seguindo as diretrizes técnicas do arquiteto e análise funcional do analista de sistemas.

  • Analista de banco de dados (DBA)

Ele é responsável por definir a arquitetura do banco de dados e apoiar na criação dos comandos para tratamento das rotinas mais complexas de manipulação de dados.

  • Analista de Qualidade

Faz a validação do aplicativo, ou seja, se a etapa de codificação cumpriu o que foi solicitado na especificação do Analista de Sistemas e se não há erros (bugs) no app. Dependendo da configuração da equipe, o próprio analista de sistemas pode executar a etapa de validação.

  • Gerente de Projetos ou Coordenador

É o responsável por criar e acompanhar o cronograma do projeto, fazendo a distribuição de tarefas para os outros profissionais.

Vale a pena criar um aplicativo do zero?

Quando o projeto é menor, há a possibilidade de um profissional administrar duas ou mais funções. Porém, a organização no processo de desenvolvimento de aplicativo é fundamental para que não haja atrasos e aumento de gastos no decorrer do tempo.

Para muitos, montar uma equipe interna com trabalho em tempo integral não é uma vantagem por requerer muito tempo e investimento. Realmente, os custos de contratação costumam atingir números chocantes ao considerar os impostos, benefícios, espaço para escritório, equipamentos e os custos de longo prazo dos funcionários em período integral.

Por isso, contratar empresas de desenvolvimento é a escolha feita por muitos. Além de não precisar se preocupar com a contratação de funcionários, gerenciamento de funções e prazos, você confia a uma equipe qualificada a criação do aplicativo e apenas aguarda ele ficar pronto.

criar aplicativo

Também vale destacar a possibilidade de você contratar uma empresa com aplicativos pré-prontos, chamados de white-label. Nós da Codificar temos vários apps já prontos, que serão apenas ajustados e personalizados ao seu negócio. Com isso, você diminui ainda mais o preço e tempo do desenvolvimento do aplicativo.

Conclusão

O mercado de aplicativos móveis é um dos mais promissores hoje em dia, só no Brasil houve um crescimento de 40% no download de aplicativos entre 2016 e 2019, segundo o relatório “State of Mobile 2020” da App Anine. Ou seja, o mercado ainda está amadurecendo, é altamente escalável e por isso, aqueles que chegam primeiro conseguem se estabelecer mais facilmente. Cada esforço feito para criar um aplicativo é muito válido.

A Codificar é uma empresa que está no mercado de desenvolvimento há mais de 12 anos. Com expertise no desenvolvimento de aplicativos, possui em seu portfólio mais de 10 plataformas white label.

Entre em contato com a nossa equipe pelo formulário abaixo, com certeza teremos algo especial para o seu projeto!

Enviar mensagem
Precisa de ajuda?
Olá,
como posso te ajudar?