fbpx

Então, o que é a Internet das Coisas? De forma simples, esse é o nome dado à capacidade de conectar qualquer tipo de dispositivo útil à internet. Isso inclui tudo, desde de celulares, cafeteiras, máquinas de lavar, headphones, lâmpadas, relógios, e qualquer outra coisa que você possa pensar. Isso também se aplica a componentes de máquinas, como, por exemplo, o motor de um avião. Como mencionamos, se esses dispositivo pode ser conectado à internet, tem muitas chances de fazer parte da Internet das Coisas. A firma de análises Gartner aposta que, até 2020, vão existir mais de 26 bilhões de dispositivos conectados. Esse é um número impressionante, e existem outros analistas que acreditam que esse número pode ser ainda maior. A Internet das Coisas é uma rede de gigante, que conecta todas as “coisas” – e isso inclui pessoas. As relações serão entre pessoas-pessoas, pessoas-coisas, e coisas-coisas.

Como isso impacta nossa realidade?

A regra do futuro será: “tudo que pode se conecta, vai se conectar”. Mas por que motivo você iria querer tantos dispositivos conectados e se comunicando? Existem muitos exemplos de como isso funcionaria, e quais seriam os principais benefícios. Digamos que você está no caminho para uma reunião. Seu carro poderia acessar seu calendário automaticamente, e saber exatamente qual rota seguir. Se o trânsito está ruim, seu carro poderia enviar uma mensagem para as outras pessoas, avisando que você deve se atrasar. E se o seu despertador te acordar as 6h,e  já enviar um sinal para que a cafeteira comece a fazer seu café? E se o seu equipamento do escritório soubesse que seus suprimentos estão acabando, e já fizessem o pedido de novos? Numa escala ainda maior, a Internet das Coisas pode ser aplicada a áreas como a de transporte: as “cidades inteligentes”, por exemplo, que podem nos ajudar a reduzir o gasto desnecessário de energia, por exemplo. Isso nos ajuda a melhorar a forma como trabalhamos e vivemos.

Os possíveis problemas

Na realidade, essas tecnologia nos permite pensar em aplicações e conexões ilimitadas. Não é difícil entender como e porque a Internet das Coisas é um assunto tão falado ultimamente. Ela abre a porta para várias oportunidades, mas também possui grandes desafios. A segurança é um dos grandes desafios enfrentados no mundo digital. Com bilhões de dispositivos conectados e se comunicando, como as pessoas vão ter certeza que as suas informações estão seguras? Alguém conseguirá hackear uma torradeira e, assim, conseguir acesso à toda a sua rede? Essa tecnologia também abre as empresas para falhas e problemas na segurança. Além disso, temos o problema com a privacidade e o compartilhamento dos dados. Esse é um tópico discutido todos os dias, e só podemos imaginar o quanto essa conversa será ainda mais comum quando bilhões de dispositivos estiverem conectados. Outro problema que pode ser enfrentado pelas empresas é o grande número de dados que todos esses dispositivos vão produzir diariamente. As empresas precisam descobrir uma forma de guardar, acompanhar e analisar todas essas informações na mesma medida em que serão geradas.

E agora? O que temos?

As conversas sobre a Internet das Coisas estão acontecendo há anos, em todo o mundo, e muitos buscam entender  a forma que ela vai impactar as nossas vidas. Também estamos tentando entender as oportunidades apresentadas por essa tecnologia, assim como os desafios que vão aparecer quando inúmeros dispositivos estiverem conectados de uma só vez. Agora, a melhor coisa que podemos fazer é nos educar sobre essa tecnologia e seus possíveis impactos na sociedade que vivemos e construímos. Se você deseja saber mais sobre estes conceitos, acesse nosso blog e fique por dentro de nossos textos e artigos. A tecnologia está evoluindo de forma rápida, e é importante se manter atualizado sobre o que acontece à nossa volta.]]>

Enviar mensagem
Precisa de ajuda?
Olá,
como posso te ajudar?