Criar plataforma marketplace

Criar plataforma marketplace: como se diferenciar dos grandes do mercado

A ideia de um marketplace online é uma opção popular há algum tempo. Oferece maior comodidade para quem deseja adquirir produtos ou serviços online. A Internet tornou as coisas mais fáceis para todos, e os marketplaces permitem que os clientes encontrem seus itens desejados e os recebam em suas casas a preços acessíveis.

Com alguns cliques, você consegue encontrar ótimas ofertas online e ter qualquer tipo de produto, aparelhos eletrônicos ou móveis entregues à sua porta.

Qualquer pessoa com o objetivo de vender seus produtos entende os benefícios da forte presença online e deseja criar um aplicativo de marketplace, mas criar um aplicativo de sucesso requer recursos consideráveis ​​e muito conhecimento.

Se você está procurando informações online sobre como criar plataforma marketplace, você veio ao lugar certo.

Por que criar plataforma de marketplace?

criar plataforma marketplace

Os aplicativos do Marketplace são a tendência mais quente no momento, especialmente com o domínio de líderes de mercado como Amazon, Etsy, eBay, Airbnb, Uber e Groupon. Todas essas empresas tornaram-se negócios de bilhões de dólares que alcançaram um crescimento sem paralelo.

Isso obviamente lançou luz sobre diferentes conceitos de marketing, como B2B, B2C e C2C. Um mercado de sucesso será baseado em escalabilidade, execução, desempenho e design.

O comércio eletrônico tornou-se o método preferido para clientes que compram online, pois eles podem acessar facilmente diversos produtos e serviços online.

As vendas de comércio eletrônico nos Estados Unidos dispararam após o surgimento de empresas de comércio móvel, com receitas gerando mais de US $ 200 bilhões no ano passado. A popularidade das compras móveis significou que mais varejistas nos Estados Unidos começaram a investir em aplicativos de marketplace.

A maioria das empresas globais que estão online mudaram suas atividades para plataformas móveis, já que smartphones e tablets lhes permitiram interagir com clientes em tempo real.

O mercado de aplicativos de comércio eletrônico deve atingir um crescimento exponencial, como mostra o aplicativo móvel do eBay. Ele foi baixado mais de 51 milhões de vezes, foi localizado em 10 idiomas e está disponível em mais de 195 países em todo o mundo!

Como criar um marketplace único

Antes de começar a pensar sobre software e desenvolvimento web, você precisa ter certeza de que tem uma ideia válida. Seu marketplace só terá sucesso se resolver os problemas de um grupo de clientes. Antes do Uber aparecer, as pessoas achavam que os táxis eram inconvenientes de encontrar, pedir carona e pagar.

O Uber forneceu soluções para esses problemas e valeu a pena. A sua ideia é tão útil quanto o Uber? Primeiro, determine quem é o seu cliente ideal e a pessoa que você deseja atender. Crie um avatar com nome, idade, gênero, informações demográficas, etc.

Existe algum problema que o mantenha acordado à noite? Se você puder resolver esse problema, o quanto isso vai melhorar sua vida? Que valor isso tem para eles? Valide suas ideias reunindo um grupo de clientes ideais e perguntando a eles. Só depois de fazer isso você deve considerar a tecnologia.

1. Crie seu MVP

Depois de ter certeza de que suas ideias de marketing online valem a pena, é hora de criar um produto mínimo viável (MVP). MVP é a primeira versão em seu marketplace, com apenas as funções mais básicas. Deve ser rápido e barato. Se descobrir que sua ideia não é tão boa quanto você imaginou inicialmente, você não perderá muito tempo e dinheiro com isso.

Se você tiver sorte, sua ideia pode começar, você pode melhorá-la e adicionar recursos. A maneira mais fácil de construir um MVP é contratar freelancers. Use a plataforma gratuita para encontrar desenvolvedores da web e informá-los de suas necessidades. Depois de estabelecer o MVP, leve-o aos clientes reais e teste-o.

2. Aumente o seu lado da oferta

A armadilha do marketplace online é a situação do ovo e da galinha. Os fornecedores só entrarão em seu marketplace se houver compradores que possam vender para você. No entanto, para que os compradores possam acessar seu site, deve haver um fornecedor que deseja comprar nele. Como você resolve este problema?

Primeiro deixe o fornecedor entrar antes do lançamento. Mantenha contato com os fornecedores que deseja integrar e ofereça incentivos para “construir parceiros” em seu marketplace.

Em comparação com os participantes posteriores, talvez a taxa de comissão seja menor? Explique a eles que como você ainda está crescendo, eles não devem esperar vendas imediatas, mas se chegarem cedo, seu marketplace se tornará a principal fonte de receita no futuro.

3. Invista em estratégias de Marketing

Depois de ter um grande número de fornecedores para os compradores escolherem, é hora de atrair compradores quando eles encontrarem seu marketplace pela primeira vez. Ouviu-se um barulho alto. Realize esforços de marketing para garantir que seus clientes ideais possam ver sua plataforma onde você estiver.

Considere as publicações e sites relacionados ao setor em que você opera. Depois disso, a escolha é sua, seja marketing de conteúdo, mídia social, publicidade convencional ou qualquer outra coisa. Teste tudo e encontre os canais de marketing mais eficazes para construir seu marketplace.

4. Escolha a classificação do Marketplace

Para obter o máximo de receita com seu esforço, é importante escolher o tipo certo de marketplace. Se você deseja criar um marketplace online do zero ou adicionar recursos à infraestrutura existente, um entendimento claro dessa classificação o ajudará a obter os melhores resultados.

Primeiro, precisamos nos concentrar em seu público-alvo. As opções são:

Ponto a Ponto (P2P)

Este modelo, que tem outro nome – cliente-para-cliente (C2C), foca em apresentar aos clientes a oportunidade de vender e gerenciar produtos ou serviços. Imaginem a Etsy, que é um local de venda de produtos artesanais feitos por grupos muito pequenos de pessoas.

Grandes marcas não são permitidas lá; esta é uma plataforma para pessoas com habilidades artísticas compartilharem seus trabalhos. Qualquer pessoa pode comprar itens; os vendedores pagam taxas fixas. Outro grande exemplo é o Uber – que oferece e gerencia o compartilhamento de viagens ponto a ponto.

Business-to-Customer (B2C)

B2C é para empresas que desejam vender seus produtos ou serviços diretamente a um cliente, sem o envolvimento de terceiros. A maioria dos representantes deste modelo oferece uma grande variedade de produtos. O AliExpress é provavelmente o exemplo mais notável aqui.

Business-to-Business (B2B)

Os mercados B2B ajudam as empresas a melhorar a distribuição de seus produtos, encontrando novos parceiros. O Alibaba é o maior portal B2B do mundo, abrangendo também B2C e C2C.

Fundada por Jack Ma e Peng Lei em 1999, é na verdade uma holding que consiste em empresas como Guangzhou, Evergrande Taobao, FC, UCWeb, e AliExpress. O Alibaba gerou quase US $ 72 bilhões de receita em 2020.

Conclusão

Ao contrário de outros negócios digitais, os proprietários de Marketplaces também podem se surpreender com o que uma equipe relativamente pequena pode realizar.

Com uma metodologia bem desenvolvida para analisar, isolar e resolver partes de sua jornada ao mesmo tempo em que coloca o cliente em foco, você poderá desenvolver, testar e lançar rapidamente qualquer novo recurso ou funcionalidade para encurtar o ciclo de vendas e garantir retenção e receita contínuas crescimento.

Logo depois de fechar negócio conosco, basta nos dizer mais sobre sua ideia para que nosso time passe a trabalhar nisso. Confie em uma empresa com mais de 12 anos de mercado, e que entrega resultados confiáveis. Fale com a Codificar preenchendo o formulário abaixo:

Se ainda houver dúvidas, ou desejar saber criar um aplicativo próprio marketplace online, você pode entrar em contato direto com a nossa equipe, através do formulário abaixo: