Tendencias tecnologicas codificar

Quais são as 3 principais tendências tecnológicas para 2022?

Metaverso e Starlink estão entre as novidades que merecem atenção neste ano, segundo relatório da Insider Intelligence. Sites de tecnologia e também de notícias como o jornalhojelivre estão empenhados em tentar descobrir e monitorar as principais novidades tecnológicas existentes no mundo hoje.

Para além de mapear aquilo que já está em funcionamento, o ideal é também encontrar novas perspectivas sobre o que estará em evidência em 2022 e nos próximos anos.

Em 2021, muitos dos maiores avanços tecnológicos visam dar às comunidades e empresas uma vantagem contra a pandemia em andamento. Para 2022, o mercado entende que uma série de inovações irão reinventar a forma como interagimos com a internet.

Quem tem feito as previsões mais interessantes é a Insider Intelligence, que soltou um relatório recente sobre as maiores tendências tecnológicas nos próximos meses.

Diante disso, elencamos algumas tendências tecnológicas neste texto.

1. Metaverso

Os analistas em tecnologia acusaram corretamente o Facebook (agora Meta) por projetar uma campanha de rebranding utópica aparentemente para escapar de um ciclo ruim de relações públicas.

A empresa investiu bilhões em software e hardware necessários para tornar o Metaverse uma realidade. Apple, Microsoft e outros gigantes da tecnologia estão fazendo o mesmo.

O que está em jogo é uma visão completamente nova para interagir com o mundo online. O vídeo de anúncio da Meta se concentrou em aplicativos de Realidade Virtual, mas a Insider Intelligence prevê um aumento ainda maior no interesse pela AR.

As empresas (especialmente aquelas no ramo de design criativo, entretenimento e comunicação) devem ficar de olho na introdução da internet de Realidade Virtual da Meta.

2. O acesso à Internet se expandirá


Existem alguns fatores em jogo aqui. O primeiro deles é o desenvolvimento que tem acontecido por meio de leis de incentivo, sobretudo no que diz respeito ao acesso em áreas rurais e distantes e países emergentes.

A Lei de Empregos e Investimentos em Infraestrutura dos EUA, aprovada este ano, destinou US$ 65 bilhões para expandir o acesso à banda larga e estabeleceu um novo Escritório de Conectividade e Crescimento da Internet com a missão de conectar todos os americanos à banda larga acessível e de alta velocidade.

O outro desenvolvimento promissor é o desenvolvimento e lançamentos iminentes de tecnologia de satélite de comunicações privadas como o Starlink da SpaceX, com o objetivo de dar acesso rápido à Internet a todos, em qualquer lugar do mundo.

O projeto oferece velocidades comparáveis ​​à internet banda larga e terá maior impacto em países em desenvolvimento e mercados emergentes.

3. Privacidade na internet

Fora dos EUA, os tribunais têm sido rígidos com as grandes empresas de tecnologia por não controlar ou dar alguma segurança a dados confidenciais dos usuários.

A União Europeia liderou a acusação, multando o Facebook (Meta) em mais de US$ 250 milhões, e a Amazon em quase US$ 1 bilhão. Ambas foram multadas por
violações de sua lei do Regulamento Geral de Proteção de Dados.

A China também promulgou novas leis em 2021 para proteger a privacidade do consumidor. Dentro dos EUA, no entanto, grande parte do impulso para a mudança veio das próprias empresas de tecnologia.

A Apple tomou medidas para limitar a publicidade direcionada de desenvolvedores de aplicativos, e o Google está avançando com seu plano de remover cookies de rastreamento de seu navegador Chrome, por exemplo.

O que achou das tendências tecnológicas para 2022? Acha que faltou alguma? Deixe nos comentários.