economia compartilhada

Economia Compartilhada: Saiba tudo sobre essa tendência de mercado

O conceito de Economia Compartilhada vem conquistando o mercado desde 2010 através de soluções que geram uma redução de custo para os usuários e renda para quem desenvolve negócios nesse modelo. O momento certo para investir nessa tendência de mercado é agora e se você quer saber mais sobre economia compartilhada continue lendo.

Como começou a Economia Compartilhada?

Com a crise mundial de 2008, houve uma expressiva redução do poder de compra da população. A partir disso, foram criadas diversas alternativas que fossem mais sustentáveis e que também fossem capaz de reduzir custos. Junto a isso, a tecnologia estava começando a entrar em um processo de grande avanço o que facilitou a possibilidade de realizar transações através da internet.

A Economia Compartilhada surgiu neste momento como uma alternativa para os antigos modelos de consumo que nesse cenário de crise se tornaram inviáveis. Com criatividade e senso de empreendedorismo, diversas empresas surgiram trazendo o conceito de compartilhamento.

Inicialmente, economia compartilhada consistia na partilha de produtos ou serviços além de um estilo de vida colaborativo. Atualmente, economia compartilhada representa diversas atividades que envolvem troca, compra coletiva, propriedade compartilhada, aluguel, empréstimo e assinaturas de serviços, por exemplo.

Como funciona a economia compartilhada?

A economia compartilhada acontece através da criação de alternativas que visam apresentar um novo modo de consumo, baseado na diminuição dos custos e sustentabilidade. A ideia, é que os consumidores dividam o uso de bens e serviços que acessam. Nesse modelo, a experiência é o objetivo e não a exclusividade.

Para que uma economia compartilhada funcione, ela se baseia em três pilares principais:

  1. Modelo de negócios baseado na promoção de acesso à bens subutilizados
  2. Consumidores beneficiados pelo acesso a bens e serviços
  3. Negócio construindo tendo como base marketplaces.

A Economia Colaborativa está diretamente ligada à tecnologia pois para que haja a interação entre as pessoas envolvidas, aplicativos e sites foram desenvolvidos justamente como base da ideia pois através destes é realizada a mediação da comunicação entre as partes interessadas.

Aplicativos de economia colaborativa

Com diferentes segmentos e propostas, diversas empresas startups investiram no modelo de economia compartilhada como base da ideia do negócio.

Airbnb

O Airbnb funciona como uma espécie de compartilhamento de imóveis. A ideia é a seguinte: você possui um quarto no seu apartamento que está vazio, com o intuito de levantar uma grana você resolve alugá-lo por alguns dias para um casal que está de férias em sua cidade. O airbnb entra com o papel de oferecer uma plataforma que irá conectar usuários que desejam alugar um imóvel ou parte dele por um período determinado, com milhares de pessoas que estão a procura de hospedagens mais baratas. Em troca, é cobrado uma taxa por uso do serviço.

Yellow

A Yellow entrou para o mercado de mobilidade como uma alternativa sustentável através do compartilhamento de bicicletas. A ideia consiste em fabricar bicicletas próprias e distribuir em diversas áreas da cidade para que os usuários através de um aplicativo capaz de localizá-las e realizar pagamentos tendo como base a distância percorrida. Essa alternativa se torna muito viável pois muitas pessoas podem economizar fazendo viagens nas bicicletas compartilhadas enquanto os idealizadores conseguem gerar lucro ao oferecerem o serviço.

Blablacar

O aplicativo blablacar serve de mediador entre motoristas que irão viajar e estão com vagas ociosas dentro do carro e usuários que irão para o mesmo destino e querem economizar com o transporte. A economia compartilhada entra no aspecto de que o usuário caroneiro oferece uma ajuda na gasolina ajudando o motorista porém o valor é bem mais em conta do que se ele viajasse através de empresas de transporte.

DogHero

Quem tem pet em casa sabe a dificuldade que é programar viagens sabendo que terá que deixar o animal sozinho. Pensando nisso, o DogHero surgiu com a solução de conectar pessoas que gostam de animais e tem condições de receber os pequenos hóspedes em suas residências.

Uber

O Uber, um dos aplicativos mais famosos do mundo também está relacionado a economia compartilhada pois dentro do contexto de mobilidade urbana, o aplicativo conecta as pessoas que necessitam se locomover de maneira rápida e com conforto a motoristas particulares que possuem veículos e podem ganhar um dinheiro fazendo viagens.

Teve uma ideia baseada em economia compartilhada e precisa desenvolver o aplicativo?

A Codificar está no mercado há mais de 12 anos e possui as melhores soluções para o seu negócio. Entre em contato com a nossa equipe e saiba mais sobre o nosso serviço de desenvolvimento de aplicativos.

Leave a comment