Desde o surgimento do Uber, muitas empresas estão revolucionando seu setor e conectando profissionais e prestadores de serviços a quem precisa deles por meio de aplicativo de celular. Com isso, existem inúmeros possíveis segmentos pouco explorados para a criação de aplicativos tipo Uber e nesse artigo falaremos sobre um deles: cuidador de idosos.

A busca por um Cuidador de Idosos tem crescido em paralelo ao aumento da expectativa de vida das pessoas. Segundo dados do IBGE até 2050 serão mais de 66 milhões de brasileiros com mais de 60 anos e as características dessa fase da vida exigem cuidados especiais que o cuidador está apto a realizar.

Visto que toda necessidade é um produto, encontrar soluções mais práticas para conectar idosos a cuidadores é um ótimo ponto de partida para entrar no mercado de aplicativos.

O que faz um cuidador de idosos?

O cuidador de idosos tem como prioridade auxiliar na higiene, prover a alimentação e medicamentos dentro dos horários estabelecidos, além de ajudá-los durante atividades físicas e de lazer. Dessa forma, o cuidador pode passar o dia todo com o paciente e até dormir na casa da família; tudo depende do acordo que for feito com os parentes e as necessidades do idoso.

Atualmente, a profissão de cuidador de idosos está crescendo muito, pois com a rotina corrida que muitas famílias levam, o tempo de cuidar de um idoso fica escasso. Assim, a comodidade em ter um atendimento home care é o de promover mais segurança, e assistência especializada, inclusive para aos cuidados básicos do cotidiano.

cuidador de idosos

Aplicativo para cuidador de idosos

O serviço de cuidador de idosos é oferecido como um meio de promover mais qualidade de vida às pessoas que passaram a ter alguma dificuldade por fatores físicos ou patológicos, que influenciam o desempenho de atividades diárias.

Sendo assim, a solução inovadora é acrescentar praticidade ao processo de contratação de cuidadores. Para isso, pode-se usar o modelo de aplicativo tipo Uber, conectando o profissional a família, sem a necessidade de uma agência de home care.

Os cuidadores poderão se cadastrar, colocar suas qualificações, recomendações e oferecer seus serviços, enquanto o usuário que precisa encontrar um cuidador irá fazer sua busca através da geolocalização, e de acordo com sua busca e preferências, terá cuidadores cadastrados disponíveis.

cuidador de idosos

 

Como criar um aplicativo para cuidador de idosos?

Visto que ainda é uma área pouco explorada, vale a pena atentar-se a alguns itens que poderão aumentar as chances de sucesso do aplicativo e atender melhor os cuidadores, idosos e seus familiares. Em função disso, listamos os 3 pontos mais importantes para a criação desse tipo de aplicativo:

1. Comunicação

Com o aumento da expectativa de vida no Brasil um dos grandes desafios é a inclusão dos idosos nos ambientes digitais. Afinal, a população acima dos 60 anos está cada vez mais conectada, o que torna cada vez mais necessária a adaptação do mundo virtual para esses internautas cheios de experiência de vida.

Então, para executar essa ideia saiba com quem você estará falando através do aplicativo, pois a maneira como se comunicará com os usuários irá determinar parte da eficiência da sua plataforma. Falar com netos de até 20 anos é diferente de se comunicar com adultos de 50 e ainda mais distante da linguagem usada com idosos. Por isso, é importante saber como criar um relacionamento entre seu público e sua marca.

cuidador de idosos

 

2. Análise de mercado

Estude como esse mercado de cuidador de idosos se comporta, como os prestadores de serviços trabalham e como as famílias reagem a essa profissão. Isso vai te mostrar os medos e desejos de ambos os lados, te dando vantagem para solucionar futuros problemas que eles relatariam.

Apesar de ser bom trazer algo novo ao mercado, não é necessário inovar de forma disruptiva. A novidade pode ser apresentada como melhorias nas soluções já existentes, tornando seu aplicativo mais atrativo que o da concorrência.

cuidador de idosos

 

3. Desenvolvimento

É importante entender que o desenvolvimento de aplicativos não é feito do dia para a noite. Essa tamanha praticidade oferecida requer uma série de atividades, etapas e processos complexos que para serem feitos, é preciso uma grande equipe de profissionais de diversas áreas, principalmente com conhecimento avançado de programação.

Com isso, para entender melhor o processo de desenvolvimento de aplicativos e as formas de fazê-lo, leia o nosso artigo “Desenvolvimento de aplicativos: por onde começar?”.

cuidador de idosos

 

Conclusão

As opções de segmentos para aplicativos de prestação de serviços são inúmeras, pois cada atividade diária é possível de ser simplificada, logo transforma-se numa oportunidade de negócio. Além disso, o mercado ainda está novo e aqueles que marcam território mais cedo, conseguem ir se adaptando as mudanças e adquirindo confiança dos usuários.

Se você quer saber mais sobre esse modelo de aplicativo tipo Uber para cuidador de idosos, participe gratuitamente do nosso Webinar. No dia 17 de março explicaremos, ao vivo, como criar e ganhar dinheiro com aplicativos tipo Uber para prestadores de serviços. Para se inscrever basta preencher o formulário abaixo:

Enviar mensagem
Precisa de ajuda?
Olá,
como posso te ajudar?