Veja como instalar qualquer aplicativo no Mac, mesmo que não seja identificado

Para os usuários de Mac, não é novidade que há uma certa restrição ao usar alguns aplicativos. O motivo maior por esta restrição, é justamente a segurança que é promovida pelo sistema operacional da Apple. 

Contudo, antes mesmo de falar sobre os aplicativos sem licença da Apple, vale a pena entender o que são os softwares, justamente para entender o motivo para haver tantas restrições.

Chegam a ser semelhantes com a série de protocolos que são seguidas em uma montagem industrial, justamente para evitar eventuais problemas. 

Ao compararmos com o sistema da Microsoft, é notável a liberdade que o usuário tem para baixar certos aplicativos. Dito isso, vamos agora, conferir o que são os softwares, e quais são os caminhos para realizar as instalações dos apps sem registro. Confira:

O que é software?

Resumidamente, um software é um aplicativo que pode ser acessado em diferentes dispositivos. No geral, existem softwares de:

  • Sistema;
  • Aplicativos;
  • Programação;
  • Comunicação;
  • Jogos e softwares abertos. 

Dentro do mundo da tecnologia, alguns termos e conceitos podem ser complexos e parecer longe da realidade de quem não faz parte ativamente, mesmo que sejam aplicados e usados diariamente por todos. 

Um deles é o conceito de software, que nada mais é do que os aplicativos que você costuma acessar no seu celular, ou computador. 

Em outras palavras, o software é aquele aplicativo que você acessa para pesquisar sobre climatizador comercial de parede, por exemplo. 

Caso você já tenha o costume de utilizar um computador ou outro dispositivo eletrônico, já deve ter ouvido falar ou se perguntando sobre o real conceito de um software. 

Para se ter uma ideia, os primeiros estudos da humanidade relacionado aos softwares, já eram desenvolvidos no século XIX, época em que a sociedade nem imaginava que, anos depois, poderia pesquisar sobre outorga de uso de água subterrânea rapidamente. 

Inicialmente, tratava-se de um mecanismo que permitiria que uma máquina analítica hipotética conseguisse realizar cálculos que o cérebro humano demoraria um tempo até concluir. 

Posteriormente, surgiu Alan Turing, considerado como o pai da computação. Entretanto, alguns estudiosos apontam que o primeiro programa criado oficialmente, surgiu na Inglaterra, apenas 100 anos depois, com Neumann. 

Mas na prática, o que é software?

Em termos práticos, um software é um serviço computacional, utilizado geralmente para realizar ações nos sistemas de computadores, principalmente em empresas que mexem com conexões para mangueiras hidráulicas, que precisam de um programa para organizar os processos. 

Podemos definir um software, como aqueles programas que costumam estar em computadores, celulares e televisores. 

Por meio desses programas, diversas tarefas são realizadas, como enviar mensagens através do WhatsApp, ouvir música nas principais plataformas, acessar a internet pelo navegador de sua preferência ou realizar uma elaboração de projeto de SPDA

Em outras palavras, podemos entender também que um software é uma ponte entre o computador e o humano que o usa. 

De fato, é uma tecnologia que se tornou necessária ao decorrer dos anos, isso porque, sem ela, atualmente não teríamos tantas conexões com o restante do mundo. 

Quais os tipos de software?

Inicialmente, é interessante você saber que todo software pode ser usado tanto para saber o custo PCMSO PPRA ou realizar diversas tarefas. No geral, eles podem ser classificados das seguintes formas:

Sistema

Um software de sistema nada mais é do que o responsável pelo sistema operacional de um determinado dispositivo. 

O objetivo por trás desse software, é proporcionar uma segurança maior para o usuário, além de auxiliar na usabilidade como um todo, o que transforma a simulação de uma demolição manual de concreto armado, por exemplo, mais fácil de ser executada

Como exemplo, temos o próprio sistema desenvolvido pela Apple para ser utilizado em seus smartphones (IOS). 

Para aplicativos

Dentre todos os tipos existentes de softwares, os de aplicativos são os mais conhecidos. Por sua vez, trata-se daqueles programas que são usados para ouvir músicas, assistir vídeos, criar planilhas ou editar arquivos. 

Programação

Softwares de programação são softwares que permitem que programadores criem outros programas, através do uso das linguagens de programação. Esse tipo de tecnologia fornece ferramentas e soluções para testar, compartilhar, gerenciar e até mesmo facilitar a escrita dos códigos. 

Comunicação

Trata-se de aplicações que permitem que o usuário troque informações com outras pessoas, seja em tempo real ou não.

Esse tipo de software, inclusive, é usado frequentemente por empresas que trabalham com adequação de equipamentos nr12, principalmente, e por pessoas comuns que gostam de manter uma comunicação. 

Jogos

Como o próprio nome já diz, trata-se de um software usado para promover lazer e entretenimento. Por sua vez, esse tipo de tecnologia vem ganhando cada vez mais força no mundo, principalmente nos esportes. 

Aberto

O software aberto é qualquer programa de computador, incluso nas categorias anteriores que tenha o código-fonte público e disponível para qualquer pessoa acessar. 

Para exemplificar melhor, um chatbot é um software de comunicação, devido ao fato de ser utilizado para gerar conversas inteligentes e automatizadas entre pessoas e empresas.

Como funciona um software?

Para que você entenda melhor a maneira de funcionamento de um software, tenha em mente que a tecnologia é como se fosse o cérebro de um computador, pois são geradas informações e instruções para os componentes, também conhecidos como hardware. 

Enquanto o hardware é a parte física, o software é um conjunto de codificações que permitem que, através de um hardware, seja possível utilizar e realizar atividades nestes dispositivos. 

Já para a construção de um software, é necessário passar por uma série de etapas. Em outras palavras, trata-se de um processo que demanda bastante paciência. 

Neste processo, os desenvolvedores são os responsáveis pela criação, escrevendo em linguagem de programação, linhas de código contendo instruções e algoritmos de como e o quê aquele software deve fazer. 

Aliás, para realizar esse tipo de operação, os profissionais contam com outros softwares que auxiliam na escrita, testes, gerenciamento e compartilhamento destes códigos. 

Sistema Mac

Assim como foi dito anteriormente, o sistema operacional da Apple é reconhecido mundialmente por sua segurança e confiabilidade. Apesar de ter várias camadas de segurança, o macOS não está totalmente livre dos problemas da internet. 

Por padrão, o sistema permite que você baixe aplicativos diretamente da Mac App Store, e dos chamados “desenvolvedores identificados” – aqueles que são registrados pela Apple. 

Portanto, se você instalar um aplicativo de um desenvolvedor identificado e houver algum problema com ele, a Apple pode revogar a autorização, tirando a permissão do mesmo ser instalado em outros computadores. 

Além disso, antes da primeira abertura, o macOS verifica esse app para garantir que ele não tenha passado por nenhuma modificação desde quando ele foi enviado para checagem. 

Entretanto, você pode desativar esse ajuste, fazendo com que apenas os apps disponíveis na loja da Apple sejam instalados ou até mesmo forçando a instalação e a abertura de softwares chamados de “desenvolvedores não identificados”. 

Como alterar os tipos de apps permitidos no Mac?

Para começar, você deve abrir as Preferências do Sistema e ir em “Segurança e Privacidade”. Em seguida, localize a aba Geral, clique no cadeado (localizado no canto inferior esquerdo), e insira a senha usada para desbloquear o seu mac e realizar as alterações. 

Na seção “Permitir apps baixados de”, escolha uma das opções: App Store ou App Store e desenvolvedores identificados. 

Como abrir um app de um desenvolvedor não identificado?

Caso o seu Mac perceba que você está tentando baixar um app de um desenvolvedor não identificado, você não poderá abrí-lo por motivos de segurança do próprio do sistema. 

Mas, se você quiser abrir mesmo assim, há uma maneira muito simples de se fazer isso. O sistema da Apple avisa que nem sempre esses aplicativos possuem algum problema de segurança. 

Entretanto, eles não foram revisados e o macOS não poderá verificar se o app foi modificado ou danificado desde o seu lançamento. 

No momento em que a caixa de diálogo mostrar que o app não pode ser aberto, abra as Preferências do Sistema, e vá em Segurança e Privacidade. Já na aba Geral, clique no cadeado novamente e libere as alterações digitando a sua senha do sistema. 

Logo em seguida, selecione “Abrir mesmo assim” que estará localizado no lado direito das opções de permissão de apps. Por cerca de uma hora este botão ficará disponível depois de você tentar abrir o app. 

Por fim, uma mensagem de aviso irá aparecer para você, perguntando se você deseja executá-la mesmo assim. Clique em Abrir para dar prosseguimento na instalação. Dessa forma, o app será salvo como uma exceção dos ajustes de segurança, podendo abri-lo normalmente.

Conclusão 

Por mais que dê para abrir certos aplicativos que não possuem a identificação da Apple, é sempre importante pontuar o cuidado que você precisa ter. Mesmo que você confie em tais programas, vale a pena pesquisar mais a fundo a sua origem para evitar qualquer tipo de problema. 

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.