aplicativo de mobilidade

O que é um aplicativo de mobilidade urbana?

Os aplicativos de mobilidade urbana são aplicativos bem conhecidos, projetados especificamente para transferir pessoas de um lugar para outro na cidade. As aplicações do transporte urbano estão cada vez mais aparecendo na vida dos brasileiros.

Com o desenvolvimento, principalmente nas áreas metropolitanas, o deslocamento se tornou uma dor de cabeça para milhões de pessoas no Brasil. A revolução que os aplicativos de mobilidade fizeram na mobilidade urbana é chamada de uberização, o que ajudou muito, não somente usuários, mas também os motoristas de aplicativos de transporte.

O app de mobilidade foi feito para facilitar o trajeto do ponto A ao ponto B, proporcionando maior conforto e rapidez e, portanto, uma melhor relação custo-benefício.

O que é um aplicativo de mobilidade?

Os exemplos de aplicativos de mobilidade urbana existem para tornar a viagem mais fácil, seja uma viagem curta ou longa. Essas ferramentas podem reduzir os impactos associados ao transporte e também podem reduzir as causas ecológicas. Quando se trata desses aplicativos, você pensa em Uber, 99, Lyft, etc.

Mas o fato é que aplicativos do tipo Uber não são os únicos nesta categoria, pois existem várias outras soluções de transporte urbano. O tráfego urbano é um problema de modernidade. No último século, o ser humano viveu um processo de migração do campo para as grandes cidades.

À medida que isso acontecia – era impossível prever como esses movimentos ocorreriam – o governo não conseguiu se adaptar aos problemas que começaram a surgir.

Como funciona um aplicativo de mobilidade urbana?

No início do século 21, acreditava-se que a Internet seria a solução para os problemas cada vez mais graves do trânsito urbano. Os especialistas acreditam que, em um mundo interconectado, a mobilidade se tornará desnecessária.

O que realmente aconteceu é que a Internet funciona como um canal de influenciadores, faz com que o público queira se locomover – quando um influenciador visita um ótimo restaurante, seus seguidores vão querer conhecê-lo.

Como resultado, as pessoas recorrem ao transporte público, mas isso não atende às necessidades das pessoas. O surgimento de aplicações de transporte urbano coincidiu com o início da perda de passageiros do transporte público – em meados de 2010.

No Brasil, segundo dados da NTU (Associação Nacional das Empresas de Transporte Urbano), em 2014, a demanda dos usuários diminuiu e os pagadores atingiram cerca de 26% da média acumulada.

Aplicativo de mobilidade urbana: os mais usados

Se focarmos apenas em aplicações de transporte pessoal de passageiros, o Uber é a aplicação de transporte urbano mais usada no Brasil. Segundo pesquisa do Ibope Inteligência, 54% dos brasileiros preferem. Esse dado não surpreende, pois o Brasil é o segundo maior mercado da empresa no mundo.

Já existem mais de 600.000 motoristas registrados e mais de 22 milhões de corridas. Em segundo lugar está 99, respondendo por 12%. A empresa anunciou recentemente uma parceria com o WhatsApp, e seus clientes poderão solicitar operações diretamente por meio do aplicativo de mensagens.

Uber

Logo após sua fundação, o Uber se tornou um verdadeiro sucesso no Brasil e no mundo. Por ser o primeiro do gênero, é um dos serviços de táxi tradicionais mais criticados pela concorrência.

Por outro lado, é um dos usuários mais entusiastas de plataformas digitais. O serviço não envolve pagamento, a velocidade de resposta é mais rápida e o atendimento é personalizado, é um App que atrai rapidamente o usuário digital e se torna um case de sucesso.

99

O 99 é atualmente o maior app de transporte pago do Brasil, e também oferece algumas opções como motorista particular ou táxi. Ele funciona quase da mesma maneira que o Uber e, em algumas categorias, o 99Pop é mais econômico e mais barato, enquanto o 99Top tem mais carros sofisticados.

Possui alta segurança, atendimento 24 horas por dia, botões de emergência para facilitar o contato com a polícia, rede de inteligência artificial para monitorar todos os dados de clientes e motoristas, compartilhamento de rotas, entre outras medidas de segurança.

A forma de pagamento pode variar dependendo dos cartões de crédito e débito, Paypal, vouchers da empresa e dinheiro cadastrados no aplicativo.

Cabify

O Cabify é a plataforma competitiva do Uber, lançada em 2016 e que vem conquistando usuários. Este aplicativo é muito semelhante ao Uber, embora seu valor tenda a ser mais alto e o preço seja determinado em quilômetros ao invés de tempo de viagem.

Em comparação com os concorrentes, outro aspecto diferente são alguns recursos adicionais, incluindo serviços específicos para pessoas que viajam com bebês.

InDriver

inDriver é um aplicativo de transporte privado para Android e iOS. Como seus concorrentes, oferece serviços de corrida rápidos e com preços razoáveis. A diferença entre ele e outros aplicativos de viagens é a operação de “leilão”.

O usuário entra na rota e define o preço que deseja pagar pela viagem. O motorista pode então aceitar, rejeitar ou oferecer uma contra-oferta.

Além do preço, o usuário também pode escolher seu driver favorito. Outros métodos de serviço incluem o transporte de bagagens, animais e a possibilidade de escolha de um veículo com capacidade para mais de quatro passageiros.

O aplicativo só aceita pagamento direto ao motorista usando dinheiro ou máquinas de cartão de crédito.

O inDriver existe em mais de 31 países / regiões e, no Brasil, existe em mais de 20 cidades, em comparação com outras aplicações, essa faixa é considerada pequena.

Como criar um aplicativo de mobilidade urbana

Criar um aplicativo de transporte urbano do zero é um processo trabalhoso e caro. Além dos custos adicionais e de manutenção, o custo de criação de um aplicativo para desenvolvedores está entre 200 mil e 1 milhão de reais.

A segunda opção é investir em aplicativos white-label. Por meio dessa categoria, o empresário pode alugar e usar licenças para configurar sua marca, preço e forma de trabalhar. Como parte da tecnologia, os custos de atualização e manutenção de mapas, servidores e aplicativos ficam por conta da empresa responsável pelo “aluguel” do aplicativo de transporte urbano.

Embora não seja possível alterar totalmente a identidade visual do aplicativo ou alterar as funções por conta própria, é responsabilidade do empresário que aluga a plataforma definir o funcionamento do aplicativo, como agendamento, preço, logotipo, entre diversos Outras funções.

Criar um aplicativo de transporte urbano do zero é um processo trabalhoso e caro. Além dos custos adicionais e de manutenção, o custo de criação de um aplicativo para desenvolvedores está entre 200 mil e 1 milhão de reais.

Criando um Aplicativo de mobilidade urbana

Aplicativo de Mobilidade da Codificar é perfeito para você que deseja criar uma plataforma de mobilidade e carona compartilhada como o Uber.

Por isso, para que você crie um aplicativo completo, com todas as ferramentas necessárias para que clientes e motoristas possam se conectar da melhor forma. O Aplicativo de Mobilidade é a escolha perfeita para suas necessidades!

O nosso aplicativo tipo Uber é um MVP, ou seja, Mínimo Produto Viável para você começar seu negócio. Nós somos o seu ponto de partida.

O Aplicativo de Mobilidade ao profissional que deseja encontrar com apenas um toque na tela e é expansível à todos os nichos de mercado.