Porque utilizar o Ruby on Rails em seu projeto

A linguagem que você vai escolher para seu próximo projeto pode depender de inúmeros fatores: nível de suporte, escalabilidade, disponibilidade de ferramentas, custo dos frameworks que podem diminuir o tempo de desenvolvimento, e muito mais. Atualmente, a maioria das empresas (desde as menores até negócios bem posicionados no mercado) escolhem o Ruby on Rails como o framework principal de desenvolvimento.

O que você precisa saber sobre o Ruby on Rails

O Ruby, que foi criado há mais de vinte anos, é uma das linguagens de programação mais populares da atualidade. O Ruby on Rails é um framework grátis e open source, e, como a maioria do frameworks populares, é distribuído sob uma licença do MIT.

O framework ajuda os desenvolvedores a construir websites ao simplificar tarefas repetitivas.

O Ruby on Rails é baseado no design Model-View-Control (MVC). Esse modelo suporta o desenvolvimento paralelo, que significa que múltiplos desenvolvedores podem trabalhar no mesmo aplicativo simultaneamente, e cada um trabalha em uma funcionalidade distinta.]

Ruby on Rails Browser-View-Controller-Database schema

Quais as vantagens de usar o Ruby on Rails no desenvolvimento web?

1. O Ruby on Rails é fácil de ler, compreender e utilizar, porque é bem próximo a linguagem natural.

O Ruby on Rails utiliza uma linguagem bem próxima do inglês, mas também usa sua própria semântica para estender suas funções. Mesmo que algumas vezes a linguagem específica se torne algo complicado, os criadores do Ruby encontraram um balanço interessante, utilizando essas semânticas apenas em casos específicos, para que não crie um framework difícil de se entender.

2. O Ruby on Rails tem uma coleção de ferramentas rica, que acelera e facilita o desenvolvimento

A filosofia do Ruby on Rails preza por um framework composto de um modo que diminui o número de decisões que um desenvolvedor precisa tomar, enquanto mantém o framework flexível e fácil de customizar.

O Ruby on Rails possui um grande número de componentes reusáveis, e de fácil configuração, que podem ser utilizados para diminuir o tempo de desenvolvimento.

O geradores do Ruby on Rails permite que você automatize funções CRUD básicas, enquanto as ferramentas, chamadas de “gems”, podem ser utilizadas para implementas as funcionalidades típicas, com a autenticação ou integração de pagamento. Outra ferramenta poderosa que pode ser utilizada pelos desenvolvedores do Ruby é o módulo. Os módulos ajudam a organizar o as classes, os métodos e as constantes, e as juntam em grupos, ou unidades. Escrever um módulo é similar a escrever uma classe, exceto que um módulo começa com a palavra-chave do módulo, e não da classe.

3. O Ruby on Rails tem opções de automação de teste.

O Ruby on Rails tem uma opção de testes integrado, que checa a qualidade do código enquanto ele está sendo escrito. Isso significa que a necessidade de uma ferramenta de teste externa diminui.

O Ruby cria um diretório de teste assim que você começa a criar seu projeto. Por padrão, todas as aplicações criadas pelo Ruby on Rails possui três ambientes: desenvolvimento, teste e produção.

É possível fazer todos os seus testes de uma só vez, utilizando um comando específico. Também é possível testar apenas um arquivo, ao adicionar o nome do arquivo no comando.

4. O Ruby on Rails é maduro e estável

O Ruby on Rails promove a oportunidade de revisão de código, que permite que os desenvolvedores adicione ferramentas ao seu código existente. O framework tem convenções de código estabilizadas, que faz com que novos desenvolvedores possam se juntar a projetos que já acumularam muito trabalho.

5. O Ruby possui escalabilidade

O Ruby on Rails é perfeito para um produto focado em escalabilidade.

Antes de tudo, o Ruby on Rails suporta que você faça o caching fora da aplicação. Você também pode utilizar uma ferramenta de automação como o Capistrano. O Ruby também permite que você utilize o framework Chef, com infraestrutura na nuvem, que por sua vez foi escrito em Ruby. O Chef pode te ajudar a gerencias as infraestrutura, criar estruturas de pastas, e fazer o bootstrap de todo o sistema, ou atualizar as configurações do mesmo com uma necessidade mínima de comandos.

Outra coisa que faz do Ruby on Rails uma escolha interessante para seus projetos que precisam escalar é a forma com que ele trabalha as tarefas em segundo plano. Organizar tarefas como confirmação de e-mail depois do registro de novos usuários é importante para uma boa experiência do usuário, e quanto maior for seu produto, mais cruciais se tornam as tarefas de segundo plano.

Quais tipos de projeto podem se beneficiar do uso do Ruby on Rails?

De acordo com nossos clientes e casos de sucesso, pudemos encontrar, junto aos nossos desenvolvedores, um número de categorias que podem se beneficiar de forma interessante ao serem escritas com o Ruby on Rails.

Plataformas de e-commerce

O Ruby on Rails é muito interessante no desenvolvimento de um aplicativo de e-commerce devido à forma modular de desenvolvimento de websites. O Ruby on Rails também permite que você faça upload de imagens, produtos e descrições em massa, o que pode ser útil ao gerenciar um grande site de e-commerce. Outras ferramentas que podem ser implementadas facilmente utilizando o Ruby incluem o algoritmo de preço, e opções para redimensionamento automático de imagens.

Existe um grande número de soluções open source específicas ao desenvolvimento de aplicativos de e-commerce. O Spree é uma delas: open source e baseada em APIs, que possui uma grande comunidade de desenvolvedores e contribuições no GitHub.

Sites de redes sociais

O Ruby on Rails possui uma grande variedade de plugins que podem ser utilizados para implementas todas as ferramentas cruciais de websites de redes sociais. Muitas ferramentas open source escritas em Ruby permitem que você desenvolva uma rede social de forma mais rápida do que o normal. O social_stream, por exemplo, suporta contatos, posts, upload de arquivos, mensagens privas e outras ferramentas.

Plataformas de gerenciamento de conteúdo

O Ruby on Rails tem muito a oferecer no desenvolvimento de plataformas CMS por causa da facilidade de escalabilidade, e pela facilidade de navegação encontrada em sites criados em Ruby. O Refinery é um dos exemplos mais populares de CMS baseada em Ruby. Ela é multilinguagem e oferece bastante flexibilidade no design, além de uma comunidade ativa de desenvolvedores.

O Camaleon é outro CMS popular baseado em Ruby, que costuma ser comparado ao WordPress. Ele possui um grande número de ferramentas, incluindo o suporte a widgets, atalhos, e campos personalizados. O Camaleon também permite que você agrupe seus dados em grupos, e possui uma galeria de plugin para desenvolvedores.

Aplicativos populares feito em Ruby on Rails

Graças a todas as vantagens oferecidas pelo Ruby on Rails, o framework se tornou a primeira escolha de grandes desenvolvedores e marcas por todo o mundo. Aqui estão algumas empresas que utilizaram o Ruby on Rails no desenvolvimento de seus aplicativos web.

Products built on Ruby on Rails

No geral, é possível perceber que o Ruby on Rails atingiu maturidade no ambiente de desenvolvimento, e consegue crescer ainda mais sua estabilidade. Juntando isso a sua escalabilidade, ele pode se tornar uma boa escolha para muitos produtos focados em grandes empresas. Sendo assim, é fácil perceber que o Ruby on Rails vai continuar sendo a principal escolha para muitos desenvolvedores.

Desenvolvimento de aplicativos

Se você pretende desenvolver seu próprio aplicativo ou website, você está no lugar certo. A Codificar está no ramo de desenvolvimento desde 2007,  e já produziu inúmeros casos de sucesso. Conheça nossas principais plataforma clicando aqui, ou entre em contato através do formulário abaixo:

 

Post a Comment

Your email is never published nor shared. Required fields are marked *

*
*

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>