Aplicativos de Delivery: Glovo vs. Rappi

Glovo vs. Rappi: as diferenças entre os aplicativos de delivery

O mercado digital viu um crescimento de aplicativos que oferecem serviços. Marcados pela praticidade, essas plataformas foram responsáveis por transformar o modo como alguns mercados se comportam. Começando com o Uber, a digitalização de serviços já passou por várias áreas de investimento. Entre elas temo os aplicativos de delivery, que estão vivendo seu auge.

Nos últimos anos, o mercado dos aplicativos de delivery cresceu exponencialmente, e hoje oferece muitas opções aos usuários.

No Brasil, este mercado era soberano do iFood, que já se expandiu para outros países, e continua sendo líder no mundo digital.

Com o sucesso do iFood, muitos investidores entenderam que este mercado é próspero, e começaram a lançar suas próprias plataformas. Assim, muitos outros aplicativos foram desenvolvidos, e estão buscando sua fatia do mercado.

Entre os novos aplicativos de delivery, alguns estão ganhando grande atenção dos usuários. Dois bons exemplos de apps promissores e recentes são o Glovo e o Rappi.

Ambos procuram sucesso em um munto competitivo, que já está acostumado com as plataformas de delivery. Para conseguir se destacar, eles precisam apostar em suas diferenças.

Aplicativos de delivery de tudo

Um grande diferencial desses aplicativos é que eles não se limitam a entrega de comida. Na procura por um público ainda maior, o Glovo e o Rappi procuram atuar no delivery de “tudo”.

Essa é uma novidade bem vinda, já testada em outros lugares do mundo, e que se provou inteligente e próspera.

Neste artigo, vamos fazer um comparativo entre essas plataformas, afim de entender seu modelo de negócio e como se encaixam no mundo do delivery atual.

Glovo vs. Rappi: a diferença entre os aplicativos de delivery

Aplicativos de Delivery: Glovo

Glovo

A startup teve seu início na Espanha, em 2015. Com seu aplicativo de delivery, ela prometeu revolucionar esse mercado, algo que tem conseguido fazer.

Desde então, com a promessa de entregar de tudo, a empresa cresceu e se expandiu em várias partes do mundo.

Suas entregas envolvem restaurantes, supermercados, farmácias, lojas de conveniência e muito mais.

O Glovo chegou ao Brasil há pouco tempo, expandindo a promessa do iFood, até então o rei do delivery no país.

A empresa promete satisfazer todas as necessidades de entrega dos usuários. Isso é possível graças a parcerias com as principais redes de comércio das cidades em que atua.

A execução de sua promessa através do aplicativo de delivery fez com que o Glovo figurasse a lista de Melhores Aplicativos de 2016, na Apple Store.

Modelo de negócios

O modelo de negócios do Glovo é amplo, investindo em um público geral, que precisa dos mais variados itens. Para atuação, o serviço conta com uma plataforma web e aplicativos para Android e iOS, disponíveis gratuitamente nas lojas oficiais.

Através de parcerias, o Glovo usa seu aplicativo de delivery para intermediar o contato entre clientes e estabelecimentos.

Assim, o aplicativo consegue atender a um grande número de pedidos diferentes. O aplicativo de delivery do Glovo pode ser utilizado para entregar comida, medicamentos, flores, materiais de escritório e muito mais.

Com isso, eles investem em uma forma de logística que beneficia os usuários pela praticidade, enquanto oferecem uma nova plataforma de divulgação e desenvolvimento de renda para os comércios locais, de todos os tamanhos.

A execução desse modelo de negócios gerou bastante reconhecimento para a plataforma, que conseguiu se desenvolver de forma rápida, expandindo sua atuação para além da Europa.

Diferenciais

Entre os principais diferenciais do Glovo, podemos destacar:

  • Peça de tudo – O Glovo aposta na entrega de todos os produtos, e está disponível para os mais diversos tipos de estabelecimento.
  • Mensagens expressas – através do Glovo, você tem contato simples e rápido com os principais comércios locais, podendo receber produtos de forma expressa. Os usuários também podem fazer envios de produtos de forma rápida.
  • Meios de entrega – assim como a plataforma internacional TaskRabbit, o Glovo permite que seus entregadores cadastrem veículos diversos, como motos, carros e bicicletas.

Cobrança e tarifas

A cobrança do valor de entrega é feita diretamente pelo aplicativo, que aceita a grande maioria dos cartões de crédito.

As cobranças são feitas após a entrega do produto, garantindo a satisfação dos clientes.

O cálculo de tarifa se baseia em vários fatores diferentes. Entre eles estão a distância entre o estabelecimento e o cliente, além de acordos feitos entre os negócios que a plataforma.

Dentro do aplicativo de delivery é comum encontrar estabelecimentos com taxa mínima de entrega ou valor mínimo de produto.

De qualquer forma, tendo em vista o caráter expresso e facilitado do Glovo, não é difícil encontrar produtos entregues por valores acessíveis.

Tempo de entrega

O aplicativo de delivery utiliza um sistema de previsão parecido com o do Uber. Além disso, ele permite que o usuário acompanhe o processo de entrega em tempo real, através da geolocalização do entregador responsável.

O Glovo também promete avisos em caso de previsões de atraso, tendo em vista sua atuação em grandes cidades, que podem sofrer com trânsito e outros imprevistos..

De qualquer forma, a promessa do Glovo é que os produtos sejam entregues “em poucos minutos”. Essa promessa é facilmente cumprida com o aumento do número de estabelecimentos locais cadastrados na plataforma.

Além disso, ao permitir que os entregadores possam utilizar diversos veículos, o aplicativo de delivery aumenta sua atuação de forma interessante.

Cupons de desconto

Assim como o Uber, iFood e outros aplicativos de delivery, o Glovo permite que os usuários indiquem o app em troca de desconto.

Cada usuário possui um código pessoal, que deve pode ser compartilhado com amigos para que ambos aproveitem as ofertas.

O valor do desconto por indicação pode variar de acordo com a cidade em que será usado.

Além disso, ao ser lançado nas capitais, o Glovo lança códigos de desconto especiais, incluindo alguns com parcerias exclusivas.

Alcance

Como já falamos, o Glovo foi lançado na Espanha, em 2015. Em 3 anos de sua criação, o aplicativo já se espalhou para outros países da Europa. Eles está disponível nas principais metrópoles de países como França, Itália, Portugal e da própria Espanha.

Há pouco tempo, o aplicativo se expandiu para a América Latina, atualmente presente na Argentina, Chile, Peru, Bolívia.

No Brasil, o aplicativo está disponível a pouco tempo, mas já pode ser utilizado em cidades como São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Fortaleza, Porto Alegre, Curitiba e Recife. Além disso, o Glovo também está disponível em outras cidades do estado de São Paulo e do Rio de Janeiro, além das respectivas capitais.

Uma curiosidade interessante do Glovo é que o aplicativo funciona 24h em Barcelona e em Madrid. Assim, ele oferece os serviços a todo tempo, criando ainda mais comodidade nas entregas expressas.

Entregadores

Os entregadores do Glovo podem realizar as solicitações utilizando bicicletas, carros ou motos.

Eles são conhecidos como Glovers, e precisam tem mais de 18 anos para participar da plataforma.

Esses freelancers precisam passar por uma rápida análise, que leva em torno de 24h. Se aprovados, eles já podem começar a atuar na plataforma automaticamente.

Onde encontrar

Você pode utilizar a plataforma do Glovo clicando aqui. Os aplicativos estão disponíveis para download nas respectivas lojas:

Aplicativos de Delivery: Rappi

Rappi

O Rappi é o representante latino dos aplicativos de delivery que entregam tudo.

A plataforma foi criada na Colômbia em 2017, com uma premissa parecida com o Glovo. Desde então, seu crescimento foi rápido, assim como sua expansão. O aplicativo já atua em pelo menos 7 países da América Latina, e está recebendo investimento interessantes.

A plataforma, que conta com mais de 30 mil profissionais ativos, pretende fazer entregas de tudo que o cliente necessitar.

Além do delivery de comida, o Rappi também entrega medicamentos, mantimentos, utilitários e o que mais estiver disponível.

Com essa premissa, o aplicativo conseguiu se destacar no mercado, recebendo investimentos milionários.

Tais investimentos fizeram com que o Rappi ganhasse status de startup unicórnio, com valor de mercado avaliado em um bilhão de dólares.

Assim, o aplicativo se tornou um dos representantes latinos a figurar a lista de sucesso, e grande exemplo para os investidores do mercado de delivery.

Modelo de negócios

O Rappi é grande concorrente do Glovo na América Latina, tendo como princípio o mesmo modelo de negócio.

Através da plataforma, os usuários podem solicitar todo tipo de produto, independente de sua categoria, desde que possa ser entregado por seus profissionais.

Através de parcerias, os estabelecimentos comerciais podem oferecer a entrega através do aplicativo. A entrega é responsabilidade dos profissionais cadastrados na plataforma, responsáveis pelo transporte expresso dos produtos.

O foco da plataforma, assim como a maioria dos aplicativos de delivery, é a praticidade.

A plataforma também aposta no Rappi Prime, serviço de assinatura que oferece frete grátis para pedidos acima de 20$, e isenção de tarifas por chuva e imprevistos.

Diferenciais

Entre os principais diferenciais do Rappi, podemos destacar:

  • Time dedicado – Ao fazer pedidos de produtos em grandes mercados, os clientes podem contar com uma equipe dedicada do Rappi. Eles são responsáveis pela compra dos produtos, assim como a sua entrega. Assim, o usuário não precisa se preocupar, pois receberá os produtos da forma mais rápida possível.
  • Entrega de documentos – os usuários do Rappi podem solicitar entregas para os profissionais, facilitando a execução de certas tarefas. Assim, eles podem enviar documentos, ou fazer pequenas entregas, sem sair de casa ou se preocupar.
  • Delivery de dinheiro – algo realmente inovador no Rappi é a capacidade de solicitar a entrega de dinheiro. Através do aplicativo, os usuários podem enviar dinheiro para pessoas, e também solicitar notas em espécie. Assim, eles não precisam se locomover até um banco para isso, e conseguem aproveitar seu tempo em outras atividades, enquanto os profissionais realizam essas pequenas tarefas do dia a dia.

Cobrança e tarifas

A cobrança do valor de entrega é feita diretamente pelo aplicativo, que aceita a grande maioria dos cartões de crédito e de débito.

As cobranças são feitas após a entrega do produto, garantindo a satisfação dos clientes.

O cálculo de tarifa se baseia em vários fatores diferentes. Entre eles estão a distância entre o estabelecimento e o cliente, além de acordos feitos entre os negócios que a plataforma.

Dentro do aplicativo de delivery é comum encontrar estabelecimentos com taxa mínima de entrega ou valor mínimo de produto.

De qualquer forma, tendo em vista o caráter expresso e facilitado do Glovo, não é difícil encontrar produtos entregues por valores acessíveis.

Tempo de entrega

O aplicativo de delivery utiliza um sistema de previsão parecido com o do Uber. Além disso, ele permite que o usuário acompanhe o processo de entrega em tempo real, através da geolocalização do entregador responsável.

De qualquer forma, a promessa do Rappi, assim como a de seus concorrentes, é que os produtos sejam entregues “em poucos minutos”. Essa promessa é facilmente cumprida com o aumento do número de estabelecimentos locais cadastrados na plataforma.

Além disso, ao permitir que os entregadores possam utilizar diversos veículos, o aplicativo de delivery aumenta sua atuação de forma interessante.

Cupons de desconto

Assim como o Uber, iFood e outros aplicativos de delivery, o Rappi permite que os usuários indiquem o app em troca de desconto.

Cada usuário possui um código pessoal, que deve pode ser compartilhado com amigos para que ambos aproveitem as ofertas.

O valor do desconto por indicação pode variar de acordo com a cidade em que será usado.

Além disso, ao ser lançado nas capitais, o Rappi lança códigos de desconto especiais, incluindo alguns com parcerias exclusivas.

Como o lançamento do Rappi foi próximo ao lançamento do Glovo, as principais capitais do país puderam participar da “guerra” das startups, que usaram de promoções e descontos para ganhar atenção do mercado local.

Alcance

O Rappi, lançado em 2017 na Colômbia, já se espalhou para pelo menos 7 países da América Latina. Atualmente, ele está disponível na Argentina, Chile, Uruguai, México e Peru, além do país de origem.

No Brasil, o aplicativo está disponível em São Paulo, nos bairros: Vila Leopoldina, Barra Funda, Lapa, Perdizes, Vila Madalena, Pinheiros, Vila Buarque, Jardins, Jardim Paulista, Bela Vista, Liberdade, Higienópolis, Vila Mariana, Morumbi, Itaim Bibi, Vila Olímpia, Moema, Brooklin, Indianópolis e muito mais.

Onde encontrar

Você pode utilizar a plataforma do Rappi clicando aqui. Os aplicativos estão disponíveis para download nas respectivas lojas:

Como entrar para o mundo dos aplicativos de delivery

Com poucos anos de lançamento, o Glovo e o Rappi já conseguiram grandes investimentos, se expandindo para vários países. Portanto, é fácil perceber que o mercado dos aplicativos de delivery é próspero, e aberto a concorrência.

Muitos empreendedores estão entendendo o potencial desse mercado, e procurando uma forma de se inserir. Se você é um deles, podemos ajudar.

A Codificar trabalha com o desenvolvimento de aplicativos há 10 anos, e tem expertise na criação de plataforma prontas para inserção no mercado. Pensando no crescimento do mercado de delivery, criamos a solução perfeita: o Marketplace de Delivery.

Inicialmente inspirado no modelo de negócios do iFood, a plataforma do Marketplace de Delivery é perfeita para a criação de aplicativos de delivery completos, que atendem a todas as necessidades do empreendedores que desejam sucesso.

Conheça mais do Marketplace de Delivery da Codificar clicando aqui, ou receba todas as informações entrando em contato através do formulário abaixo:

Marketplace de Delivery

Post a Comment

Your email is never published nor shared. Required fields are marked *

*
*

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>