Como funciona um processo de desenvolvimento de software que entrega resultados

Se você está lendo isso provavelmente já deve ter passado por inúmeras frustrações com o processo de desenvolvimento de software interno da sua empresa ou através de terceiros (outsourcing). Durante 10 anos de experiência já utilizamos diversas metodologias desde as mais pré históricas às ágeis, como SCRUM e outras. Mas nosso objetivo aqui não é falar de metodologia e sim de PROCESSO.

E para que um processo de criação de um aplicativo desde sua fase embrionária até sua maturação e manutenção como negócio deve passar por 3 etapas muito claras:

  1. Fase de projeto / prototipagem  / especificação de requisitos / planejamento
  2. Construção / Desenvolvimento
  3. Manutenção / Evolução

Felizmente essas fases devem existir SEMPRE e se alguém falou ou prometeu algo diferente para você, seu projeto de software tem boas chances de estar afundando nesse exato momento, muito antes de iniciar seu lançamento. Vamos descrever a seguir o porquê de cada uma delas.

Fase de projeto / prototipagem / especificação de requisitos / planejamento

“Quem falha em planejar, planeja em falhar.” – Benjamin Franklin

O planejamento é essencial para qualquer sequência de ações, caso deseja construir uma casa, o caminho inicial e natural é ter uma planta baixa e arquitetural para prosseguir com a construção, na área de aplicativos e sistemas não é diferente disso, primeiro é criado a especificação de requisitos de software ou então um protótipo funcional.

A Especificação de Requisitos de Software (ERSw) é um documento no qual é descrito de forma precisa, sistemática e abstrata tudo aquilo que o software deverá ou não fazer, tendo como base o que foi analisado junto com patrocinador do projeto. Na Codificar buscamos documentar o projeto de forma bem didática, com desenhos de telas reais e não mockups, para que o documento tenha o máximo de proveito por toda a equipe e também pelos clientes.

Uma outra forma que trabalhamos é a criação do protótipo funcional, que é uma “maquete” do aplicativo ou sistema, nele o cliente e a equipe de desenvolvimento terá a melhor experiência possível através da transformação da ideia em algo palpável, podendo entender melhor o problema com muito mais precisão, antes de iniciar a produção, onde a concentração dos custos será mais elevado.

As duas maneiras acima serão decididas de acordo com o nível de maturidade de cada cliente / patrocinador do projeto, mas ao final o resultado atingido é o detalhamento completo do escopo e esforço de trabalho a ser executado na próxima fase.

Construção / Desenvolvimento

Fazendo alusão mais uma vez a construção civil, essa etapa é a de botar a mão na massa, é a construção da obra em si, na qual é alocado os recursos humanos necessários para transformar o projeto em realidade. Com o projeto em mãos é possível determinar de forma precisa qual tipo de trabalhador e qual o volume de horas necessárias para a execução das atividades.

Durante essa fase devemos seguir rigorosamente o que foi descrito e desenhado no projeto, para a obra siga o prazo e custos já determinados. É natural que o software seja entregue por módulos, e que a escolha dos mesmos sigam uma linha crítica de entregas que crie o maior valor possível do projeto no menor espaço de tempo, permitindo que o software já seja utilizável antes da sua versão final.

Somos da geração Iphone e não aceitamos mais sistemas como era o Windows 98 cheio de bugs, assim a etapa da Garantia da Qualidade de cada entrega é essencial, pois irá garantir que os usuários terão a melhor experiência no uso de cada módulo entregue. Voltando a construção de uma casa, nessa etapa será garantido que o piso está alinhado para o corrimento de água, que os rodapés estão pintados e limpos, que os encanamentos não tem nenhum vazamento e assim por diante.

Garantia / Manutenção / Evolução

Ninguém cria um sistema para depois abandoná-lo, pelo menos essa não é a intenção inicial. Depois da entrega do aplicativo / software nós garantimos o pleno funcionamento do mesmo durante 6 meses, mas é natural que ocorram demandas fora da garantia, como pequenos ajustes, novos campos de formulário, novos filtros, novos relatórios e telas, e por isso se faz necessário que a plataforma seja mantida e evoluída por uma equipe competente, garantido seus crescimento e adaptação ao negócio em operação.

 

Post a Comment

Your email is never published nor shared. Required fields are marked *

*
*

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>